Goleiro Cássio vê Corinthians como “time a ser batido” em 2013

Campeão da Copa Libertadores, na opinião do goleiro, o Corinthians é o time a ser batido este ano.

Comentar
Compartilhar
29 JAN 201311h26

Atual detentor do título da Copa Libertadores e do Mundial de Clubes, o Corinthians é o time a ser batido na temporada de 2013. A opinião é do goleiro Cássio, protagonista das conquistas do ano passado, duas das maiores da história do centenário clube.

“Tivemos contratações de peso, jogadores que vão ajudar muito e contamos com uma grande equipe. Sem menosprezar ninguém, o time a ser batido é o nosso. Mas também queremos mais. Eu quero mais. Isso é um motivo extra para a gente trabalhar e se dedicar”, afirmou o goleiro.

Na temporada em que defenderá o título da Libertadores de forma inédita, o Corinthians tirou o atacante Alexandre Pato do Milan na maior contratação do futebol brasileiro, acertou com o meia Renato Augusto, ex-jogador do Bayer Leverkusen, e ainda trouxe o zagueiro Gil do Valenciennes.

Para o técnico Tite, permanecer no topo é tão difícil quanto alcançá-lo. “Se antes estávamos em um estágio inicial e sabíamos que seria difícil chegar, agora vai ser difícil manter. É o desafio do grande clube, do grande profissional e já é nosso desafio no Campeonato Paulista”, disse.

Com a finalidade de poupar o elenco utilizado na conquista do Mundial de Clubes, Tite escalou uma equipe reserva nas primeiras três rodadas do Estadual. A estreia dos titulares na temporada está prevista para a próxima quarta, contra o Mogi Mirim, no Pacaembu.

Na visão do goleiro Cássio, o Corinthians inicia a disputa da temporada de 2013 como o time a ser batido pelos rivais (Foto: Sergio Barzaghi/ Gazeta Press)