Francesa Nolwenn vem ao Brasil realizar trabalho com a ONG Educasurf

A jovem conheceu instituição a partir de uma matéria sobre a doação da prancha do campeão mundial Gabriel Medina

Comentar
Compartilhar
10 ABR 201512h57

Uma notícia internacional de que o campeão mundial de surf, Gabriel Medina, doou uma prancha para a ONG Educasurf, em Guarujá, chamou a atenção da francesa Nolwenn Brohan, em sua terra natal. Ela fez uma ampla pesquisa e sobre a instituição e se entusiasmou com o trabalho, decidindo conhecer pessoalmente as atividades do projeto, onde irá partilhar sua experiência adquirida em vários países por três meses. Nolwenn foi acolhida pelo grupo na noite de quarta-feira (8), durante um luau na Praia da Enseada, em festa que comemorou sua chegada a Guarujá e também seu aniversário de 23 anos.

Estudante de Gestão Internacional, Nolwenn fez estágio de Exportação Comercial e fez intercâmbio a partir de uma empresa em que trabalhava, na área voltada ao meio ambiente. A partir daí, mudou sua visão de mundo e decidiu estudar o desenvolvimento humano sustentável, experiência que a levou a diversos países da Europa, Hawaii, Tunísia, Tailândia, Camboja, Peru, Colômbia, Chile, Estados Unidos, entre outros.

“Eu não conhecia Guarujá, mas como o Educasurf fica aqui, resolvi conhecer. Amo o que o Educasurf está fazendo. Quero salvar o Oceano e estudar o desenvolvimento sustentável. Quando voltar para França, vou divulgar o Educasurf, associando pessoas que se interessem por este assunto. Tenho muitos amigos que gostam de surf e de intercâmbio, na França e no Hawaii, e posso ajudar dessa forma”, contou a francesa.

Para o presidente da ONG Educasurf, Willian Pinto (Tuf), a vinda de Nolwenn é motivo de orgulho para instituição e para Guarujá. Ele conta que, nos três meses em que a jovem atuar junto ao seu grupo como voluntária, ela irá cumprir um cronograma de atividades, propondo a destinação dos R$ 80 mil arrecadados com o leilão da prancha do Medina e executando um plano de ação. “É gratificante por ter o nome do Educasurf vinculdo com o Medina. Vamos poder divulgar o Educasurf na Europa e ela vai fazer esse intercâmbio e estimular mais franceses a virem para cá”, destaca.

A intercambista ficará hospedada durante os três meses no Luzz Hostel. A festa em sua homenagem contou com apoio do Quiosque Sorte Boa, tendo animação da Banda Leash Eu Sou e o do DJ Márcio da PV.

Confira o cronograma de atividades até o fim do mês:

Sexta-feira (10), 14 horas – Reunião na Escola Estadual Paulo Clemente Santini

Sábado (11) e Domingo – Passeio pela Cidade

17 de agosto – Festival de Surf do Projeto Salva Vidas (Anti Drogas) - Posto 8 – Educasurf

19 de agosto – Cabreúva em Guarujá – Projeto Salva Vidas

De 27 de abril a 3 de maio – Visita a Maresia em busca de conhecer Gabriel Medina