Diretor de futebol do São Paulo deixa cargo

O diretor de futebol do São Paulo, Luiz Cunha, deixou o cargo que assumiu há pouco mais de dois meses, nesta terça-feira (7)

Comentar
Compartilhar
07 JUN 2016Por Folhapress18h30
O diretor de futebol do São Paulo, Luiz Cunha, deixou o cargo que assumiu há pouco mais de dois meses, nesta terça-feira (7)O diretor de futebol do São Paulo, Luiz Cunha, deixou o cargo que assumiu há pouco mais de dois meses, nesta terça-feira (7)Foto: Érico Leonan / saopaulofc.net

O diretor de futebol do São Paulo, Luiz Cunha, deixou o cargo que assumiu há pouco mais de dois meses, nesta terça-feira (7).

Cunha tornou-se diretor de futebol em março, após Ataíde Gil Guerreiro, então vice-presidente de futebol, ser deslocado para o departamento de relações institucionais devido ao desgaste que vinha sofrendo por causa dos maus resultados do clube dentro de campo.

Segundo Cunha, sua saída se deu por motivos particulares.

"Tive uma conversa franca com o presidente, expliquei que meu desligamento se dá por razões particulares, e que optava por sair agora porque assim o São Paulo poderá se preparar com tranquilidade para a reta final da Libertadores. Estou muito orgulhoso em ter ajudado o time a chegar nessa fase e desde já fica minha torcida para que alcancemos o tão sonhado tetracampeonato", afirmou.

O São Paulo ainda não anunciou o substituto do dirigente.