CBF marca nova reunião com movimento Bom Senso na semana que vem

De acordo com a nota oficial a reunião servirá para "discutir positivamente alterações no calendário do ano de 2014"

Comentar
Compartilhar
22 OUT 201314h59

A CBF comunicou nesta terça-feira que o presidente da entidade, José Maria Marin, voltará a se reunir com membros do grupo Bom Senso FC, movimento que reúne os principais jogadores do futebol brasileiro, na próxima segunda. Em discussão, mudanças no calendário e outras medidas defendidas pelos atletas.

De acordo com a nota oficial divulgada pela entidade, na qual convida os membros do Bom Senso para o encontro, marcado para começar às 14 horas do dia 28 de outubro, na sede da CBF, no Rio, a reunião servirá para "discutir positivamente alterações no calendário do ano de 2014 e outras questões de real importância para todos os segmentos que constituem a essência do futebol".

O convite para o encontro foi feito apenas um dia após o fim do prazo estipulado pelo Bom Senso para que a CBF respondesse aos pedidos feitos na reunião anterior, realizada em 7 de outubro. Os jogadores reclamaram que não receberam uma resposta efetiva da entidade, mas agora terão um novo encontro com Marin.

Além de Marin e dos membros do Bom Senso, a CBF convidou para a reunião o Sindicato Nacional das Associações de Futebol Profissional, a Federação Nacional dos Atletas Profissionais de Futebol, a Associação Nacional dos Árbitros de Futebol, a Comissão de Clubes da CBF e a Rede Globo ("por ser a emissora detentora dos direitos de transmissão das competições de âmbito nacional"). Segundo a entidade, "a reunião tem como objetivo encontrar alternativas eficazes e delinear sugestões comuns que atendam a todos os interessados".

A CBF comunicou nesta terça-feira que o presidente da entidade, José Maria Marin, voltará a se reunir com membros do grupo Bom Senso FC (Foto: Tasso Marcelo/Agência Estadão)

No último fim de semana, durante a disputa da 30ª rodada do Campeonato Brasileiro, os jogadores das equipes realizaram um abraço coletivo simbólico antes de cada uma das 10 partidas para mostrar a união do movimento Bom Senso. O grupo, que diz já contabilizar mais de 800 integrantes, incluindo nomes importantes como Rogério Ceni (São Paulo), Dida (Grêmio), Juninho Pernambucano (Vasco) e Alex (Coritiba), foi criado no final de setembro, por não concordar com a forma como vêm sendo conduzidas as decisões do futebol brasileiro. A principal reclamação deles é com relação ao calendário nacional de jogos.

Inicialmente, o calendário da temporada de 2014 previa o início dos campeonatos estaduais para 12 de janeiro, o que levaria alguns a jogadores a terem apenas quatro dias de pré-temporada, se os 30 dias de férias forem respeitados, pois o Campeonato Brasileiro se encerra em 8 de dezembro. Várias federações estaduais, porém, já estão cedendo ao apelo dos atletas e adiando o começo das competições.