Bem nos mata-matas, Santos pega o Cruzeiro para engrenar no Brasileirão

O Peixe ganhou uma ‘folga’ nos mata-matas e terá o primeiro compromisso pelo torneio nacional neste domingo, às 16h (de Brasília), na Vila Belmiro

Comentar
Compartilhar
28 MAI 2017Por Gazeta Press12h01
Dorival Júnior promoverá apenas duas mudanças no time contra o Cruzeiro, na VilaFoto: Divulgação/Santos FC

Mesmo estando classificado para as oitavas de final da Libertadores e as quartas da Copa do Brasil, o Santos disputará apenas o Campeonato Brasileiro pelo próximo mês. Após viver uma verdadeira maratona nas últimas duas semanas, disputando cinco jogos em 14 dias, sendo que três deles aconteceram longe de seus domínios (contra Paysandu, Fluminense e The Strongest, respectivamente), o Peixe ganhou uma ‘folga’ nos mata-matas e terá o primeiro compromisso pelo torneio nacional neste domingo, às 16h (de Brasília), diante do Cruzeiro, na Vila Belmiro.

Ao todo, serão no mínimo oito partidas (cinco em casa) para conquistar uma gordura no Brasileirão. Isso porque na Libertadores, alvinegro só voltará a atuar depois do dia 4 de julho. Já pelas quartas da Copa do Brasil, o Peixe entrará em campo somente após 28 de junho. Com isso, o técnico Dorival Júnior planeja uma ‘arrancada’ na competição nacional antes do retorno dos mata-matas.

“Aos poucos a gente vai arrancando pontos de equipes fortes e que vão brigar pelo título no final da competição. Sabemos que não podemos abrir mão de nenhum ponto no nosso campo, apesar de ressaltar um adversário complicado. Temos uma grande motivação que é continuar somando no Brasileiro, com vitórias”, explicou Ricardo Oliveira.

O centroavante, inclusive, será titular contra a Raposa. Sem mistérios, o técnico Dorival Júnior promoverá apenas duas mudanças em relação ao time que bateu o Coritiba por 1 a 0, no último sábado, pela terceira rodada do Brasileirão.

Recuperado de dores no joelho direito, Victor Ferraz voltou a treinar com bola nesta sexta e não será problema neste sábado. Além dele, Bruno Henrique, que cumpriu suspensão diante dos peruanos, também volta a ser titular. Com isso, Matheus Ribeiro e Copete voltam para o banco de reservas.

Vale lembrar que Lucas Lima, com um estiramento na coxa direita, segue fora de combate e só deve voltar aos gramados em duas semanas. Por conta disso, Vladimir Hernández continua como armador do time comandado por Dorival Júnior.

Cruzeiro enfrenta o Santos com mudanças

O técnico Mano Menezes vai com mudanças para o jogo contra o Santos, neste domingo, na Vila. O treinador da Raposa vai mudar, além de atletas, o esquema tático da equipe celeste.

Sem poder contar com Rafinha, que sente problemas físicos, o comandante preferiu dar uma identidade mais defensiva ao time. Com isso, Ariel Cabral será o substituto e a equipe vai a campo com três volantes, Hudson, Henrique, ambos de proteção a zaga, e Ariel Cabral mais nas saídas de bola.

Ainda entre os homens defensivos, o técnico Mano Menezes optou por colocar Lucas Romero na lateral direita. Ele segue ocupando a vaga mesmo com um atleta da posição disponível para o treinador. Vale lembrar que Ezequiel ainda faz trabalho de reforço muscular. Existiu a expectativa durante a semana de Hudson ir para a posição, mas com a mudança de esquema, Romero foi mantido.

Na frente outra alteração. O atacante Ramon Ábila foi novamente para o banco de reservas, mesmo sem a presença de Rafael Sóbis. O recém-contratado Rafael Marques será o jogador escolhido por Mano Menezes para iniciar a partida.

FICHA TÉCNICA
SANTOS X CRUZEIRO

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 28 de maio de 2017, domingo
Horário: 16h00 (de Brasília)
Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadao (GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Cristhian Passos Sorence (GO)

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Zeca; Renato, Thiago Maia e Vladimir Hernández; Vitor Bueno, Bruno Henrique e Ricardo Oliveira.
Técnico: Dorival Júnior

CRUZEIRO: Fabio; Lucas Romero, Dedé, Léo e Diogo Barbosa; Henrique, Ariel Cabral e Hudson; Arrascaeta e Alisson; Rafael Marques.
Técnico: Mano Menezes