Atalanta empata, Inter de Milão é campeã italiana e põe fim à hegemonia da Juve

A Atalanta precisava vencer para evitar a conquista antecipada da Inter, mas não o fez

Comentar
Compartilhar
02 MAI 2021Por Estadão Conteúdo16h24
Foto: Reprodução/Redes Sociais

A Internazionale voltou ao topo da Itália. Neste domingo, o time de Milão, que havia feito sua parte ao vencer o Crotone por 2 a 0 no sábado, contou com o empate da Atalanta por 1 a 1 com o Sassuolo para festejar o título italiano de forma antecipada.

Restando quatro rodadas para o fim da competição, a Inter de Milão não pode mais ser alcançada na classificação porque soma 82 pontos, 13 a mais do que o time de Bérgamo e o arquirrival Milan, segundo e terceiro colocados respectivamente.

A Atalanta precisava vencer para evitar a conquista antecipada da Inter, mas não o fez. Teve o goleiro Gollini expulso logo aos 22 minutos, saiu na frente com um gol de Gosens aos 32 minutos do primeiro tempo, mas sucumbiu no segundo tempo.

Dois pênaltis foram determinantes para decidir o jogo. Aos sete, Berardi empatou para o Sassuolo. Aos 32, o atacante colombiano Muriel teve a chance de garantir o triunfo, mas cobrou mal, e parou no goleiro Consigli.

FESTA EM MILÃO -  A Inter de Milão fez uma campanha consistente e conquistou o scudetto com autoridade, de modo que, até aqui, foi o time que mais venceu (25 vitórias), que menos perdeu (duas derrotas) e o que teve a defesa menos vazada (29 gols). A equipe treinada por Antonio Conte assumiu a liderança do torneio em fevereiro e engatou uma sequência positiva para disparar na ponta e festejar o título.

Conte conseguiu ajustar a equipe no decorrer da competição e sua equipe atropelou os rivais no segundo turno. São 18 jogos de invencibilidade e uma campanha incontestável. O título veio com um sistema defensivo muito sólido, meio-campo dinâmico e uma dupla de ataque extremamente talentosa, formada pelo argentino Laurato Martinez e o belga Romero Lukaku, que, juntos, marcaram 26 gols no torneio e são os grandes protagonistas da trajetória vitoriosa.

Com o troféu, o time nerazzurri põe fim à hegemonia da Juventus, que conquistou o Campeonato Italiano nove vezes seguidas, a primeira delas sob o comando de Antonio Conte, o técnico hoje responsável, curiosamente, por derrubar o reinado da equipe de Turim.

Além disso, a Inter de Milão ultrapassa o rival Milan no número de conquistas: 19 contra 18, tornando o segundo clube com mais taças, atrás justamente da Juventus, absoluta na liderança, com 36 títulos.

Nos outros jogos já encerrados deste domingo, a Lazio derrotou o Genoa por 4 a 3, Bologna e Fiorentina empataram por 3 a 3 e Napoli e Cagliari ficaram no empate por 1 a 1.