Balé emociona com obra de Gilberto Mendes

Com direção da coreógrafa Renata Pacheco e acompanhamento ao piano por Tarso Ramos, dez bailarinas interpretaram em movimentos canções do maestro.

Comentar
Compartilhar
21 OUT 201310h57

Com o teatro do Sesc praticamente lotado, o Balé da Cidade de Santos homenageou o compositor santista Gilberto Mendes, quinta-feira passada (17), com o espetáculo inédito ‘Pedaços de Mim’. Com direção geral da coreógrafa Renata Pacheco e acompanhamento ao piano por Tarso Ramos, dez bailarinas interpretaram em movimentos canções como ‘Vila Socó Meu Amor’ e ‘A Mulher e o Dragão’.

“Foi muito bonito. Gostei muito”, comentou Gilberto, um dos pioneiros no campo da música erudita contemporânea, ao fim da apresentação de cerca de uma hora. “Me sinto feliz com a homenagem feita pela cidade de Santos. Além disso, a Renata (Pacheco) é uma grande coreógrafa”, disse ele, expoente do Movimento Concretista.

O público também aprovou a performance. “Foi muito bonito. O jogo de luzes no palco e as figuras montadas pela gesticulação das bailarinas me emocionaram”, disse a autônoma Lucélia Franco Dias Fernandes, 40 anos.

Para Renata Pacheco, a aproximação da música de Gilberto Mendes de um público jovem foi marcante. “Colocamos a obra dele para uma plateia que não está habituada àquela sonoridade. Mas o balé, aliado à sensibilidade do pianista Tarso Ramos, deu plasticidade à apresentação e proporcionou esta ligação”.

Foto: Tadeu Nascimento