Petroleiros protestam contra a venda de refinarias em Cubatão

Comentar
Compartilhar
31 JUL 2019Por Da Reportagem11h47
Foto: Leandro Olimpio/Sindipetro

Trabalhadores e representantes dos petroleiros se reuniram hoje, pela manhã, em frente a Refinaria Presidente Bernardes (RPBC), em Cubatão (SP), para protestar contra a venda de quatro refinarias da Petrobras. Eles alegam que a operação irá precarizar as condições de trabalho. 

O protesto ocorreu próximo às portarias 1 e 10 da Refinaria e reuniu cerca de 2.500 pessoas desde às 7h. A paralisação aconteceu de surpresa com o diálogo entre os trabalhadores e o sindicato. 

Com a venda das quatro unidades, os trabalhadores estariam mais suscetíveis a demissão e retirada de direitos trabalhistas. 

A categoria também reivindica a criação de um 'fundo garantidor', destinado para trabalhadores terceirizados que não possuem garantias com a rescisão.

Segundo a assessoria do Sindicato dos Petroleiros do Litoral Paulista (Sindipetro), não há previsão, por enquanto, de nova paralisação.

Colunas

Contraponto