Tenda instalada em Santos realiza exame de tuberculose

População não precisa passar por consulta médica para saber se está com a doença; resultado pode ser conhecido em dois dias

Comentar
Compartilhar
04 MAR 201518h40

Uma tenda montada na Praça Abílio Diniz Paz, em frente à Policlínica da Aparecida, chamou a atenção da aposentada Vilma Maria Vargas, 76, quando retornava da ginástica ontem (4) pela manhã. No local, funcionários da unidade de saúde faziam a  busca ativa por pacientes com suspeita de tuberculose e tiraram todas as dúvidas de dona Vilma sobre a doença.

A mobilização integra a campanha de identificação e prevenção à tuberculose, realizada pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Todas as unidades da rede municipal participam da programação que segue até o próximo dia 15.

Além de esclarecer dúvidas, o espaço conta com material necessário para a realização imediata do exame, que deve ser feito em ambiente aberto, com boa ventilação. Para participar, interessados devem informar dados pessoais — como RG —, histórico de saúde e o endereço.

De acordo com a chefe de Seção, Eliane Nogueira, a tuberculose é prioridade durante todo o ano na rede municipal de saúde, contudo, durante a campanha aumenta significativamente o número de exames de checagem do vírus na população. “A diferença está na ampla divulgação”.

A tenda montada na Praça Abílio Diniz Paz em Santos realiza exame de tuberculose (Foto: Divulgação)

Resultado

Após o exame, o paciente é orientado a voltar à unidade em dois dias para pegar o resultado. Em caso positivo, é encaminhado para dar início ao tratamento, que dura seis meses. A enfermeira Giane Cristina Alves, que atua na policlínica da Aparecida, esclarece que tosse persistente por mais de três semanas é o principal sintoma da tuberculose. Febre baixa e sudorese noturna também estão entre os alertas. “No entanto, não é necessário ter todos os sintomas, o melhor é descartar a possibilidade realizando o exame”, destaca.