Balneabilidade boa em 83% das praias da Baixada

Amostras para análise foram coletadas no período de 6 de abril a 4 de maio último

Comentar
Compartilhar
12 MAI 201410h50

A balneabilidade é boa em aproximadamente 83% das praias da Baixada Santista. Segundo os últimos relatórios divulgados pela Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), das 71 praias dos nove municípios, 59 estão próprias, mais o Rio Perequê, em Cubatão. As amostras analisadas foram coletadas no período de 6 de abril a 4 de maio.

O gerente da Agência Ambiental de Santos da Cetesb, César Eduardo Padovan Valente, afirma que a ausência de chuva é o principal fator que contribui para a boa qualidade das praias, uma vez que a água das chuvas carrega todo o lixo e esgoto sanitário para o mar. Outro fator é que quanto menos gente, menor será a poluição das praias, segundo ele.

De acordo com os relatórios da Cetesb, todas as praias de Santos, São Vicente e Bertioga, e o Rio Perequê, em Cubatão, estão com a balneabilidade boa.

Em Guarujá, das 12 praias apenas Perequê está imprópria.

 Todas as praias estão próprias para os banhistas (Foto: Arquivo/DL)

Praia Grande tem três praias com bandeira vermelha, ou seja, impróprias. São elas, Flórida, Real e Jardim Solemar. Seguindo o litoral sul, a maioria das praias de Mongaguá está própria, exceto Agenor de Campos e Flórida Mirim. Em Itanhaém, os banhistas devem evitar as praias de Campos Elíseos e Suarão. Já em Peruíbe, apenas as praias de Peruíbe - Balneário São João Batista e Guaraú estão com bandeira verde.

Vale do Ribeira

No litoral do Vale do Ribeira, bandeira verde em Iguape — praia da Juréia —, e em Ilha Comprida — todas próprias.