Promo DL

Temer critica teste da Coreia do Norte e propõe fórum contra o terrorismo

A explosão de uma bomba H pela Coreia do Norte já havia sido condenado pelo ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes Ferreira, que classificou o teste como 'apavorante'

Comentar
Compartilhar
04 SET 2017Por Estadão Conteúdo13h30
Michel Temer usou o Twitter para criticar a detonação termonuclear realizado pela Coreia do NorteFoto: Beto Barata/PR

O presidente Michel Temer usou o Twitter para criticar a detonação termonuclear realizado pela Coreia do Norte neste domingo, 3. "O Brasil reitera compromisso com a não proliferação de armas nucleares", escreveu Temer, após manifestar preocupação com "os recentes testes norte-coreanos".

A explosão de uma bomba H pela Coreia do Norte já havia sido condenado pelo ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes Ferreira, que classificou o teste como "apavorante".

Temer e Aloysio estão em Xiamen, na China, onde participam de encontro dos Brics, grupo que reúne Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

Temer também informou, via Twitter, na tarde desta segunda-feira (pelo horário local), que propôs aos demais líderes dos Brics a "criação do Fórum de Inteligência do bloco para combate ao terrorismo". Segundo ele, a ideia foi "elogiada pelo presidente russo, Vladimir Putin, que avaliou a iniciativa como muito interessante".

Colunas

Contraponto