X

Automotor

Shineray do Brasil repõe JEF 150s EFI

Moto volta em uma segunda reposição e firma presença no nicho de 150 cilindradas

Edmundo Dantas - AutoMotrix

Publicado em 17/03/2024 às 09:00

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

O motor monocilíndrico de 149 cm³, quatro tempos e duas válvulas OHC da JEF 150s EFI entrega 13,5 cavalos e 1,42 kgfm / Divulgação

Após breve estreia nas lojas autorizadas da Shineray do Brasil, no final do ano passado, a JEF 150s EFI teve o lote inicial totalmente vendido e sumiu das concessionárias. Agora, o modelo volta em uma segunda reposição, para reforçar a presença da marca chinesa no segmento de 150 cilindradas. A partir desta semana, mais de mil unidades estarão disponíveis para venda pelo preço público sugerido de R$ 14.490, mais frete e impostos de acordo com a região. As cores disponíveis são preta e vermelha.

Siga as notícias do Diário do Litoral no Google Notícias

Siga as notícias do Diário do Litoral no Google Notícias.

Com seus 1,99 metro de comprimento, 77 centímetros de largura, 1,10 metro de altura, 1,33 metro de entre-eixos, 19 centímetros de distância em relação ao solo, carga máxima de 150 quilos e tanque de combustível de 12 litros, a JEF 150s EFI retorna ao portfólio por se tratar de um produto estratégico para a Shineray, que em 2024 continuará a ampliar sua oferta com motos de 125 a 400 cilindradas. “O nicho das 150 cilindradas têm grande procura pelo nosso público. A aceitação da JEF 150s EFI foi tão grande no primeiro lote que os estoques se esgotaram em poucas semanas nas lojas”, explica Thomas Medeiros, diretor de Supply Chain da Shineray do Brasil.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

De acordo com a Shineray, a proposta da JEF 150s EFI é ser uma moto ágil, rápida e resistente para atender à rotatividade dos centros urbanos. A tecnologia da injeção eletrônica proporciona mais economia de combustível ao modelo, que tem câmbio de 5 marchas, motor monocilíndrico de 149 cm³, quatro tempos e duas válvulas OHC. A potência máxima é de 13,5 cavalos a 7.500 rpm e o torque é de 1,42 kgfm a 6 mil rpm. A suspensão é monoshock e as rodas de liga leve são em aro 17, com freio dianteiro a disco com sistema independente. O novo painel digital busca proporcionar uma experiência de condução moderna e intuitiva.

Faça parte do grupo do Diário do Litoral no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

A Shineray é a maior montadora de motos elétricas do Brasil e está no terceiro lugar em vendas gerais do segmento. Em 2023, emplacou 31.435 unidades e foi superada apenas pelas japonesas Honda (1.145.613 unidades) e Yamaha (284.052 unidades). O portfólio da Shineray no mercado nacional dispõe atualmente de 30 modelos, entre ciclomotores, motocicletas, scooters, triciclos e quadriciclos. Desde 2023, o foco da empresa passou a ser o lançamento de modelos de maior cilindrada e com injeção eletrônica.

Cinco dicas para uma viagem tranquila de moto

A Shineray do Brasil é uma empresa de capital 100% nacional, que completará 18 anos de operações em 2024. A partir de 2015, passou a atender ao mercado brasileiro com fábrica própria, localizada no Complexo Industrial de Suape (PE), a 40 quilômetros de Recife, com capacidade para montar 700 mil unidades anuais. A rede de canais de vendas está presente em todo o país, com mais de 180 lojas de multimarcas e oito próprias.

Dez modelos de motocicletas que devem chegar ao Brasil em 2024

Como parte do plano de expansão, a Shineray planeja inaugurar pelo menos cinco novas lojas no primeiro semestre de 2024, seguindo o novo padrão da marca. O lançamento de novos modelos, com cilindradas entre 125, 150 e 175 cc, foi apontado como um dos fatores do crescimento no Brasil. Em 2024, a linha de produtos da Shineray deverá oferecer veículos com até 400 cilindradas.

Leia esta notícia também na Gazeta de S. Paulo. 

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Santos

Acesso ao Monte Serrat passará por obras ainda neste mês, em Santos

Atualizações têm por intuito garantir mais segurança e conforto aos moradores e visitantes

Santos

Minifestival Santos Café terá degustação, oficinas e música; veja programação

Também comemorando o Dia Nacional do Café (24 de maio), o festival dividirá suas atrações entre o bulevar da Rua XV de Novembro e Museu do Café

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter