STF concede habeas corpus e goleiro Bruno será solto

Bruno está detido desde de 2010 após ser considerado culpado pelo sequestro, morte e ocultação do cadáver de Eliza Samudio

Comentar
Compartilhar
24 FEV 2017Por Gazeta Press12h00
Bruno está detido desde de 2010 após ser considerado culpado pelo sequestro, morte e ocultação do cadáver de Eliza SamudioBruno está detido desde de 2010 após ser considerado culpado pelo sequestro, morte e ocultação do cadáver de Eliza SamudioFoto: Divulgação

O goleiro Bruno deverá ser solto da prisão nesta sexta-feira, segundo informações da Globo News. Isso porque o ministro Marco Aurélio Melo, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu ao goleiro um habeas corpus na noite desta quinta-feira.

Bruno está detido desde de 2010 após ser considerado culpado pelo sequestro, morte e ocultação do cadáver de Eliza Samudio, sua amante que nunca teve seu corpo encontrado. A condenação dos crimes lhe rendeu uma pena de 22 anos e 3 meses.

O ex-jogador do Flamengo está preso na Associação de Proteção e Assitência ao Condenado (Apac), em Minas Gerais. A decisão do STF está baseada no fato que Bruno tem direito a liberdade enquanto aguarda o resultado dos recursos à condenação.