Receita evita envio de 364 kg de cocaína para a Bélgica

O entorpecente estava oculto em uma carga de café verde a granel

Comentar
Compartilhar
16 OUT 2019Por Gilmar Alves Jr.11h00
A droga foi encontrada, na tarde de ontem, em uma carga de café na margem esquerda do Porto de SantosFoto: Divulgação/Receita Federal

A Alfândega da Receita Federal apreendeu 364 quilos de cocaína no Porto de Santos, na tarde desta terça-feira (15), e evitou que a droga fosse enviada ao Porto de Antuérpia, na Bélgica. O entorpecente, dividido em tabletes, estava oculto em uma carga de café verde a granel.

A Polícia Federal (PF) irá apurar quem são os responsáveis pela droga.

A carga, segundo a Receita, foi selecionada para conferência através de critérios de análise de risco, incluindo a inspeção por escâner.

"Equipes K9 (condutoras de cães de faro) tanto da Alfândega de Santos, quanto da Divisão de Repressão ao Contrabando e Descaminho (Direp) de São Paulo, ambas da Receita Federal, participaram da operação. Os cães sinalizaram positivamente para a presença de droga", disse a Receita.

Suspeita-se da técnica criminosa conhecida como "rip-on/rip-off", em que a droga é inserida em uma carga lícita sem o conhecimento dos exportadores e importadores. Neste ano, 18,6 toneladas de cocaína foram apreendidas no cais santista.