PM detém dois após roubo na residência de vice-prefeito de Mongaguá

Marcio Cabeça (PSDB) e a família foram mantidos sob ameaças enquanto bandidos cometiam o roubo

Comentar
Compartilhar
30 MAI 2016Por Da Reportagem10h30
O vice-prefeito foi rendido quando chegava em casa de carro na noite de sexta-feira; ele foi procurado ontem pela Reportagem, mas não quis dar declarações sobre o casoO vice-prefeito foi rendido quando chegava em casa de carro na noite de sexta-feira; ele foi procurado ontem pela Reportagem, mas não quis dar declarações sobre o casoFoto: Arquivo/DL

A Polícia Militar deteve na noite de sexta-feira (27) dois adolescentes por assalto à casa do vice-prefeito de Mongaguá, Marcio Melo Gomes, o Marcio Cabeça (PSDB). Outros dois assaltantes participaram do roubo, mas não foram localizados.

O político foi rendido quando chegava em casa de carro, por volta das 20h. Após render Marcio Cabeça, a quadrilha invadiu o imóvel e também manteve sob ameaças a mulher, a filha e a mãe do vice-prefeito.

Após se apoderarem de diversos pertences e dinheiro, os assaltantes fugiram no carro de Marcio Cabeça, um Ford Focus, e perderam o controle do veículo na Rodovia Padre Manoel da Nóbrega.

Informada sobre o assalto pelo 190, a PM obteve as características físicas dos bandidos e localizou dois deles fugindo a pé, no sentido praia.

A PM recuperou três TVs, joias, R$ 1.850,00 e o celular do vice-prefeito. Uma réplica de pistola usada no assalto foi apreendida.

Na Delegacia Sede de Mongaguá, os detidos foram reconhecidos pelo vice-prefeito. Após o registro do caso, a dupla foi  mantida apreendida, à disposição da Vara da Infância e da Juventude.

A Reportagem procurou o vice-prefeito ontem, por meio de sua assessoria, mas ele não quis dar declarações sobre o caso.