Operação apreende mais de 400 pessoas na Região

Polícia contabiliza a apreensão de mais de 86kg de drogas divididas entre 62,46kg de maconha e 23,18kg de cocaína

Comentar
Compartilhar
23 AGO 2019Por LG Rodrigues13h40
Delegados afirmam que balanço de apreensões foi positivo em todas as 24 cidades da região na área do Deinter 6Foto: LG Rodrigues/Diário do Litoral

Mais de 400 pessoas foram detidas durante uma mega operação da Polícia Civil realizada entre a manhã desta quarta-feira (21) e o começo da tarde desta quinta-feira (22) em todas as 24 cidades que fazem parte da área de cobertura do Departamento de Polícia Judiciária do Interior-6 (DEINTER-6).

As ações integradas foram um esforço realizado em conjunto entre agentes da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) e Delegacia de Polícia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise) com o apoio da Delegacia Seccional de Santos e da Seccional de Itanhaém.

De acordo com o delegado seccional de Santos, Manoel Gatto Neto, a operação correu sem grandes problemas para todos os 388 policiais que estiveram envolvidos nos patrulhamentos e durante o cumprimento dos 86 mandados de busca e apreensão executados durante as 24 horas.

"Nenhum de nossos profissionais foi agredido ou ficou ferido de qualquer forma durante a operação e posso dizer com muito orgulho que pelo menos 200 pessoas foram retiradas das ruas e presas de maneira que não poderão deixar o cárcere com facilidade. Acredito que diminuir o número de infratores na rua é a chave para que nós possamos aumentar a segurança de nossas comunidades como um todo", explica.

Atualmente à frente da Dise, o delegado Ivan Agostinho Silva afirma que foram realizadas incursões em áreas próximas de unidades educacionais e alguns imóveis utilizados para armazenar entorpecentes foram localizados em áreas relativamente próximas a escolas e universidades.

"Não é possível dizer se houve um aumento no número de ocorrências por tráfico de drogas em regiões próximas de colégios, mas é fato que o ambiente estudantil atrai os traficantes por eles saberem que os jovens podem se tornar eventuais usuários. Localizamos até mesmo alguns depósitos de substâncias ilícitas que ficavam em áreas de mata próxima a

escolas".

De acordo com o balanço cedido pelas autoridades, 415 pessoas foram detidas. Dentre estas, 32 pessoas foram presas em flagrante e 168 foram apreendidas devido a mandados expedidos pela Justiça.

A Polícia Civil também contabiliza a apreensão de mais de 86kg de drogas divididas entre 62,46kg de maconha, 23,18kg de cocaína e 851 gramas de crack. Os agentes em campo também acharam e apreenderam 96 comprimidos de ecstasy e 23 litros de drogas líquidas.

Colunas

Contraponto