‘Olheiro’ do tráfico é preso em morro

A ação da Dise foi realizada sob o comando do delegado Francisco Garrido Fernandes e do investigador- chefe, Paulo Álvaro Ribeiro

Comentar
Compartilhar
25 ABR 201500h07

Policiais da Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise) de Santos prenderam, na manhã de ontem, um “olheiro” do tráfico de drogas no Morro do José Menino, em Santos. O acusado, de 24 anos, estava em uma escadaria que dá acesso a uma casa onde os investigadores apreenderam, depois da detenção dele, 374 cápsulas de cocaína, um tijolo de maconha, um pequeno tablete da droga, 18 selos de LSD e materiais relacionados ao tráfico.

O detido, que portava rádio comunicador quando abordado, admitiu aos policiais que era “olheiro” do tráfico e detalhou que recebia R$ 60,00 por dia para exercer a função das 21h às 9h. É função do “olheiro” avisar os traficantes sobre a aproximação de policiais.

Na casa onde estavam os tóxicos foram apreendidos documentos de um homem que também era investigado e foi indiciado assim como olheiro por tráfico de drogas e associação ao tráfico.

A ação da Dise foi realizada sob o comando do delegado Francisco Garrido Fernandes e do investigador- chefe, Paulo Álvaro Ribeiro.