GCM de Praia Grande prende homem após invadir prédio público

A tentativa de furto ocorreu quando o guarda que fica de plantão na sede do Legislativo local, no bairro Boqueirão, percebeu que um homem havia invadido o prédio

Comentar
Compartilhar
06 ABR 201516h12

Guardas Civis Municipais de Praia Grande prenderam um homem na madrugada de sábado (04) acusado de tentar furtar equipamentos e outros objetos da Câmara Municipal da Cidade. O crime foi frustrado graças à rápida ação da GCM.

A tentativa de furto ocorreu quando o guarda que fica de plantão na sede do Legislativo local, no bairro Boqueirão, percebeu que um homem havia invadido o prédio. Foi solicitado apoio à Central de Operações e, rapidamente, outras viaturas chegaram ao local, conseguindo surpreender o rapaz no plenário. 

Alguns objetos estavam sendo separados pelo acusado para serem levados e, provavelmente, vendidos posteriormente de forma ilegal. Entre os objetos havia seis monitores de LCD e uma bandeira do Estado de São Paulo.

Ao ser questionado pelos guardas sobre como havia invadido o prédio, o acusado revelou que havia entrado pela janela de um dos banheiros. Em seguida, ele foi levado para a Delegacia-sede onde foi autuado em flagrante.

A Guarda Civil de Praia Grande tem como princípios mínimos de atuação a proteção dos direitos humanos fundamentais, a preservação da vida, o patrulhamento preventivo e o compromisso com a paz. Entre as competências está a proteção de bens, serviços e instalações públicas. Em 2014, do total de ocorrências atendidas pela GCM, 1.615 foram relacionadas a alarmes disparados em prédios públicos, refletindo diretamente nos cofres públicos. Atualmente, a corporação conta com 308 homens e mulheres em seu efetivo.