Confronto na ZN deixa acusado de tráfico morto; PM e uma mulher ficam feridos

Segundo informações da Polícia Militar, o policial e a mulher estão internados e estado de saúde é estável

Comentar
Compartilhar
23 OUT 2019Por Gilmar Alves Jr.18h25
O caso está sendo registrado no 5º DP de SantosFoto: Nair Bueno/DL

Um confronto a tiros entre traficantes e policiais militares no Caminho da Divisa, na Zona Noroeste de Santos, deixou um acusado morto, além de um tenente e uma moradora feridos na tarde desta quarta-feira (23). 

Segundo a Polícia Militar, o tenente, de 28 anos, e a moradora, de 48, seguiam internados no início da noite desta quarta e o estado era estável. O oficial foi baleado na axila, enquanto a mulher teve uma perfuração no calcanhar. 

O acusado que faleceu tinha 30 anos e foi atingido por três tiros. Com ele policiais apreenderam um revólver de calibre 38, mais de 270 porções de drogas, e dinheiro. 

Sete homens envolvidos no ataque aos PMs conseguiram fugir e eram alvos de buscas na noite de ontem. 

Patrulhamento
Os policiais, integrantes do 2º Batalhão de Ações Especiais de Polícia (2º Baep), foram recebidos a tiros enquanto faziam um patrulhamento de rotina, por volta das 13h20. 

De dentro da viatura, o tenente e outros dois policiais se depararam com criminosos armados vindo da Favela do Miau e, prevendo confronto armado, desembarcaram e seguiram a pé até um beco, onde foram alvos de diversos disparos. 

No revide policial, o acusado de 30 anos foi  logo atingido e os atiradores recuaram. 

Um dos policiais retirou a arma que o baleado carregava e a guarnição prosseguiu com a abordagem. Quando o tenente, armado com fuzil, foi virar um beco, ele foi baleado na axila. 

Os colegas de farda providenciaram o socorro do oficial e depois foram informados que uma moradora foi atingida no calcanhar direito e já tinha sido socorrida.