Casal invade faculdade e furta até guarda-chuva em Guarujá

Suspeitos foram flagrados pelas autoridades no momento em que deixavam o local do crime carregando diversos sacos

Comentar
Compartilhar
12 AGO 2019Por LG Rodrigues13h23
Casal tentou furtar até mesmo o motor de um freezer em GuarujáFoto: Divulgação/Polícia Ambiental

Um casal foi preso por agentes da Polícia Militar Ambiental Marítima após ter sido flagrado furtando diversos itens de uma faculdade de Guarujá na madrugada desta segunda-feira (12). Os suspeitos foram localizados após denúncia e estavam prestes a fugir do local quando a polícia chegou e efetuou a prisão.

De acordo com informações da assessoria de imprensa da Companhia de Polícia Militar Ambiental Marítima do 3° Batalhão de Policiamento Ambiental (BPAmb), as autoridades realizavam um patrulhamento de rotina quando foram comunicadas pelo Centro de Operações da Polícia Militar (Copom) que a Faculdade Marques de Olinda, localizada na Avenida Adhemar de Barros, no bairro Jardim Primavera, estava sendo furtada.

Ao chegar na frente da faculdade, os policiais encontraram um casal em atitude suspeita enquanto carregavam diversos sacos. Ao perceber que ambos ficaram nervosos devido à aproximação das autoridades, os agentes decidiram abordá-los.

Depois de interrogá-los por alguns minutos, os dois suspeitos confessaram o crime e durante uma revista e busca pessoal, os agentes da Polícia Militar Ambiental Marítima encontraram dentro dos sacos 13 latas de refrigerante, 75 pacotes de gêneros alimentícios, entre doces e salgados, três controles para projetor de multimídia, um fone de ouvido, um carregador de celular, uma luminária de emergência, três cabos VGA e quatro cabos de fio.

As autoridades também conseguiram recuperar uma extensão elétrica, uma chave de catraca, um alicate de pressão, um motor de freezer, um casaco e um guarda-chuva. Ao entrar na faculdade, os policiais verificaram que a porta da unidade educacional se encontrava aberta e em seu interior havia um freezer danificado sem o motor, vários objetos jogados no chão e danificados, o que incluía até mesmo um hidrante.

Todos os itens roubados faziam parte de uma cantina que fica dentro da instituição de ensino superior. O casal recebeu voz de prisão e fori encaminhado para a Delegacia Sede de Guarujá, onde o delegado de plantão registrou a ocorrência em flagrante como furto qualificado.

Todos os objetos apreendidos foram devolvidos à diretora da unidade e o casal foi encaminhado à carceragem onde permanecerá à disposição da Justiça.