X

Itanhaém

Instituto Sócrates Guanaes reassume a gestão do Hospital Regional de Itanhaém

Contrato foi renovado, por meio de chamamento público, pela Secretaria de Estado da Saúde. Valor é de R$ 62 milhões para custear o Hospital

Nayara Martins

Publicado em 05/06/2022 às 07:00

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Hospital Regional de Itanhaém continua sob a gestão do Instituto Sócrates Guanaes (ISG) por mais cinco anos / Nair Bueno/ DL

O Instituto Sócrates Guanaes (ISG) foi o escolhido para assumir mais uma a gestão do Hospital Regional “Jorge Rossmann” de Itanhaém. A informação é da Secretaria de Estado da Saúde (SES) que explica que a escolha foi feita por meio de chamamento público. 
O contrato entre o ISG e a Secretaria de Estado da Saúde, que venceu em abril deste ano, será válido por mais cinco anos e está em vigor desde quarta-feira, 1º de junho. 

A Secretaria de Estado esclarece que para a escolha da Organização Social de Saúde (OSS) vencedora são analisados minuciosamente todos os critérios exigidos no edital. 

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Diz ainda que o valor do contrato firmado com o Instituto Sócrates Guanaes (ISG) para custear o Hospital Regional de Itanhaém é de R$ 62 milhões. O valor é destinado para auxiliar a unidade em infraestrutura e na realização de atendimentos em diversas especialidades para garantir toda a assistência à população. 

O hospital realiza, atualmente, uma média mensal de 6,2 mil atendimentos, incluindo exames, consultas e cirurgias.

Para a secretária municipal de Saúde, Guacira Barbi, a expectativa é otimista com relação ao novo plano operativo acertado nesta nova concessão. 
“Uma série de reivindicações solicitadas pela Administração Municipal, como também pela população serão atendidas, como a implantação de novas estruturas para atendimento e a contratação de mais profissionais de áreas específicas”.

E completa “outra importante reivindicação acolhida será a instalação de um Pronto Socorro Referenciado em anexo às instalações do hospital. Além disso, o novo contrato prevê a contratação de profissionais como emergencistas, cirurgiões vasculares e neurologista, o que irá gerar um grande impacto positivo na qualidade dos serviços de saúde oferecidos à população”.

O presidente da Câmara de Itanhaém, Sílvio Oliveira (Solidariedade), o Silvinho Investigador, também lembra que, após a visita dos vereadores no Departamento Regional de Saúde (DRS IV), no dia 29 de março, para solicitar as melhorias no Hospital, o DRS IV informou que o Pronto Atendimento Referenciado pelo Samu estará na proposta da nova licitação. 

“Nossa intenção é encaminhar um documento tanto ao Instituto Sócrates Guanaes como ao Departamento Regional de Saúde, para saber quais são as cláusulas e os novos atendimentos do ISG. Inclusive, em relação ao aumento no número de leitos, já que o objetivo é desafogar essa fila, principalmente nas cirurgias eletivas que foram paralisadas em decorrência da Covid-19”, ressalta.       

Pedidos
 
Alguns vereadores de Itanhaém e a secretária municipal de Saúde, Guacira Barbi, estiveram reunidos com a diretora regional Paula Covas, no Departamento Regional de Saúde (DRS IV), em Santos, no dia 29 de março, para apresentar pedidos de melhorias no atendimento realizado no Hospital Regional de Itanhaém “Jorge Rossmann”.

Uma das propostas apresentadas é a implantação do Pronto Socorro Referenciado pelo SAMU, com a presença de médicos emergencistas em cirurgia vascular e neurológica. 

E solicitaram, ainda, a instalação de um Centro de Hemodiálise no espaço ocioso do prédio principal do Hospital ou no anexo, onde funciona o almoxarifado. Além de ampliar a realização de cirurgias mais complexas como as ortopédicas e oncológicas e a instalação de um equipamento de ressonância magnética.

Outro pedido foi o de ampliar o número de leitos da unidade, com a instalação de mais 10 leitos na UTI geral adulto, 10 leitos na UTI infantil e mais 40 para cuidados prolongados.

A Secretaria de Estado da Saúde informa que, hoje, o Hospital Regional de Itanhaém possui 181 leitos para atendimento à população, sendo 49 de clínica cirúrgica, 25 de clínica médica, 20 de UTI adulto, 17 de UTI Neonatal, 46 para obstetrícia, 11 leitos para pequenas cirurgias, 8 leitos para pediatria e 5 leitos para enfermaria Covid-19.

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Nacional

Desmatamento na Amazônia cai 60% em janeiro deste ano

Com 40% de perdas, Roraima lidera ranking dos que mais desmataram

São Vicente

São Vicente inaugura a quinta escola de período integral

AMEI Maria Lourdes Batista, no Parque São Vicente, atenderá cerca de 450 alunos com salas climatizadas, quadra coberta e oficinas extracurriculares

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter