SEDUC

Werley vibra com bom momento, mas lamenta lesão de companheiro

Vindo do Grêmio, o jogador viveu alguns problemas com Enderson Moreira no Sul, mas chegou no início do ano garantindo que tudo foi superado

Comentar
Compartilhar
20 FEV 201518h23

Werley chegou ao Santos e em pouco tempo conseguiu fazer o que poucos imaginavam: tomar a titularidade de Gustavo Henrique. Promissor zagueiro revelado pelo clube, Gustavo voltou a jogar futebol após ficar todo o ano de 2014 tratando uma lesão séria no joelho e havia muita expectativa com seu retorno. Após apenas duas partidas, porém, o jovem jogador foi preterido por Enderson Moreira, que passou a escalar Werley em seu lugar.

"Todo jogador que chega, o pensamento é jogar. O meu não foi diferente. Sempre trabalhei buscando a titularidade. A oportunidade apareceu e a cada jogo espero estar crescendo juntamente com a equipe", comentou Werley, sobre a disputa por posição.

Vindo do Grêmio, o jogador viveu alguns problemas com Enderson Moreira no Sul, mas chegou no início do ano garantindo que tudo foi superado. Agora, a cada treino e jogo, Werley tem provado que está em paz com o treinador. Além disso, comemora o entrosamento rápido com David Braz.

"Está sendo bom. Um jogador experiente, um cara muito bacana. Em campo, temos procurado conversar, orientar um ao outro e aos companheiros. Espero que possa continuar da mesma maneira, indo bem lá atrás e dando sustentação para a equipe", explicou.

A rápida adaptação de Werley no time contrasta neste momento com a lesão de Alison. Principal cão- de-guarda da defesa santista, o atleta sofreu uma lesão no joelho direito no clássico contra o São Paulo e pode ter de ficar afastado do futebol por até oito meses, caso a suspeita de lesão no ligamento cruzado anterior se confirme no exame de ressonância magnética marcado para a próxima segunda-feira.

"Ele estava chateado, principalmente depois do jogo. Estava cabisbaixo, chorando. Mas faz parte da nossa profissão. Temos que dar força ao companheiro. Tenho certeza de que ele vai voltar o mais rápido possível para nos ajudar no resto do ano", contou Werley, ciente de que dificilmente o Peixe encontrará um jogador com a mesma efetividade de Alison para o setor. "É um jogador muito importante, diferenciado nessa função que faz, mas o grupo está preparado, tem jogadores qualificados. Às vezes, não tem a mesma virtude do Alison, de marcação, mas os meninos estão preparados e vão ajudar o Santos durante a competição", disse, tentando passar confiança aos companheiros.

O zagueiro Werley lamentou a lesão no joelho direito do volante Alison (Foto: Divulgação/Santos FC)