Victor Ramos comemora aniversário sem título, mas com "bolo do porco"

Nascido em Salvador, o zagueiro foi à Bahia festejar com seus parentes e celebrou a data com um bolo lembrando até mascote do clube

Comentar
Compartilhar
06 MAI 201516h51

Victor Ramos completou 26 anos de idade nessa terça-feira e não comemorou como desejava, com o título paulista, mas sua família não esqueceu do Palmeiras. Nascido em Salvador, o zagueiro foi à Bahia festejar com seus parentes e celebrou a data com um bolo lembrando até mascote do clube.

“Fui para a Bahia no domingo para ver minha família. Minha mãe fez um bolo do Palmeiras, um bolo bonito do porco”, contou, sorrindo e negando extravagâncias – na tarde de terça-feira, já estava treinando. “Foi uma coisa básica, tranquila. Fui mais para ver a família mesmo e voltei ontem”, relatou.

A derrota para o Santos no domingo, no tempo normal e na cobrança de pênaltis, estragou a festa que o jogador gostaria. Com contrato até dezembro, Victor Ramos ganhou a posição ao longo do Campeonato Paulista e rezava pelo título, mas acabou prejudicando o time ao ser expulso no segundo tempo da final na Vila Belmiro.

Victor Ramos completou 26 anos de idade nessa terça-feira (Foto: Agência Palmeiras)

“Não foi o aniversário que pedi a Deus. Pedi muito o título para a minha carreira e para coroar um grupo vencedor e muito bom, construímos uma família aqui e perdemos na loteria dos pênaltis enquanto muita gente não acreditava nem que chegaríamos à final. Mas não se consegue tudo que quer na vida”, conformou-se.

“Fiz 26 anos ontem e seria fantástico comemorar com título, mas agora é passado. Já passou o Paulista e meu aniversário. Agora é bola para frente, focar no trabalho do dia a dia e no Palmeiras. A cada dia se aprende mais na vida e a Copa do Brasil e o Brasileiro estão aí. Vamos lá”, comentou o jogador, emprestado pelo Monterrey, do México.