Vicente del Bosque deixará a seleção espanhola após a Copa

Contratado pela Fúria em 2008, o treinador chegou para substituir o então campeão da Euro, Luis Aragonés.

Comentar
Compartilhar
22 DEZ 201213h47

O técnico Vicente del Bosque anunciou que não comandará a seleção espanhola depois da Copa do Mundo de 2014. O treinador disse que está concluindo um ciclo de sua carreira e deixará as atividades no comando da Fúria para outra pessoa. A sua permanência dentro da Federação de Futebol, contudo, não foi descartada.

“Estes são os meus últimos quilômetros da minha carreira esportiva”, disse o comandante, que ainda precisou lidar com os boatos sobre a saída do técnico José Mourinho do Real Madrid. Perguntado se voltaria a trabalhar com o time merengue, Del Bosque não se prolongou no tema: “Não, eu não estou querendo criar inimigos.”

Contratado pela Fúria em 2008, o treinador chegou para substituir o então campeão da Euro, Luis Aragonés. Responsável por iniciar o planejamento que culminou no inédito título da Copa do Mundo de 2010 e na conquista do torneio continental deste ano, comandante deverá receber uma proposta para exercer algum cargo administrativo após o Mundial do Brasil.

Del Bosque disse que não continuará na Fúria após 2014: “São os últimos quilômetros da minha carreira