Muito mudados, Corinthians e Santos se reveem no Paulista após 5 a 1

Dos jogadores escalados por Oswaldo de Oliveira no Santos na ocasião, provavelmente só Cicinho estará na formação inicial do atual treinador, Marcelo Fernandes

Comentar
Compartilhar
05 ABR 201511h01

Corinthians e Santos têm reencontro no Campeonato Paulista marcado para as 16h (de Brasília) deste domingo. O que se verá em Itaquera são momentos e equipes bem diferentes das que duelaram pela última vez no Estadual, em 2014, com massacre aplicado pela formação praiana.

Em 29 de janeiro do ano passado, os donos da casa triunfaram por 5 a 1 na Vila Belmiro e só não devolveram os 7 a 1 levados em 2005 porque pegaram bem leve na parte final da partida. O resultado gerou revolta entre torcedores corintianos e invasão do centro de treinamento – decisiva na saída de Pato e na chegada do hoje importante Jadson.

Dos jogadores escalados por Oswaldo de Oliveira no Santos na ocasião, provavelmente só Cicinho estará na formação inicial do atual treinador, Marcelo Fernandes. Do outro lado, também com mudança no comando, a transformação vai além da troca de Mano Menezes por Tite. 

Com Rodriguinho na armação, o Corinthians foi atropelado (foto: Daniel Augusto Jr. - 29/1/14)

A equipe do Corinthians na visita do último Paulista à Vila tinha nomes hoje distantes, como Diego Macedo, Paulo André, Guilherme e Rodriguinho. Gil, Uendel, Ralf, Guerrero e Emerson estiveram em campo, mas o Sheik, reserva naquele dia, teve de sair e voltar para ter o moral atual.

Outra realidade inexistente há pouco mais de um ano é o estádio de Itaquera, inaugurado em maio. Em sua nova casa, o antes criticado e atualmente aclamado time da zona leste de São Paulo espera confirmar que o momento nada tem a ver com o vivido em janeiro de 2014.