Massa visita fábrica da Williams e faz elogios à nova equipe

Na sua “nova casa”, o brasileirou comentou quais foram suas primeiras impressões e ressaltou a importância de ter o primeiro contato com os engenheiros

Comentar
Compartilhar
15 JAN 201412h45

Depois de organizar o Desafio Internacional das Estrelas, em Penha (SC), Felipe Massa viajou à Inglaterra para conhecer a fábrica da Williams, que está localizada em Grove. Na sua “nova casa”, o brasileirou comentou quais foram suas primeiras impressões e ressaltou a importância de ter o primeiro contato com os engenheiros.

“A Williams tem uma grande fábrica com bons recursos, então eu sei que temos tudo o que precisamos para sermos competitivos. É uma grande equipe, com uma grande história, de modo que o foco é a obtenção de todas as peças que trabalham bem juntos e se movendo na direção certa. Estou tentando me encontrar com o maior número de pessoas possível em toda a fábrica e todos têm sido muito bons. Estou gostando de trabalhar com minha equipe de engenharia”, disse Massa, em entrevista publicada no site da montadora.

Um dos principais motivos da presença do brasileiro na fábrica é fazer ajustes no assento do carro que ele guiará na temporada para deixá-lo confortável no primeiro desafio do ano, que será os testes em Jerez de la Frontera, na Espanha, no dia 28 de janeiro.

Com a visita, o piloto também fez elogios ao chefe da montadora, Frank Williams, com quem passou a ter mais contato a partir desta semana.

Depois de organizar o Desafio Internacional das Estrelas, em Penha (SC), Felipe Massa viajou à Inglaterra para conhecer a fábrica da Williams (Foto: Divulgação)

“Frank é uma das pessoas mais famosas do paddock e alguém que é admirado por todos pelo o que ele alcançou no esporte. Ele faz parte da história da Formula 1. Eu não o conhecia muito bem antes de me juntar a equipe, mas, só de passar um tempo junto, ele é um cara muito legal e eu estou ansioso para correr para ele”, completou.

Ansioso para começar a correr pela escuderia, Massa ainda relembrou a passagem de outros brasileiros pela e equipe e garantiu que tem como meta colocá-la de volta entre as primeiras colocadas no Mundial.

“Meus fãs estão muito felizes que me mudei para a Williams, especialmente com a história que a equipe tem no Brasil com os pilotos do passado, como Nelson Piquet e Ayrton Senna. Isso fez com que a equipe se tornasse muito famosa no Brasil, por isso estou muito feliz por estar aqui e eu espero que eu possa ajudar a equipe a voltar para onde estavam antes e lutar por vitórias”, concluiu.