Por Copa, EUA treinam no CT do São Paulo com segurança reforçada

O esquema armado para proteger a seleção norte-americana, potencial alvo de ataques terroristas, envolveu policiais militares e federais

Comentar
Compartilhar
14 JAN 201419h51

Como preparação para a Copa do Mundo, a seleção dos Estados Unidos iniciou na tarde desta terça-feira um período de treinamento no CT do São Paulo, sua base durante a competição. A equipe comandada pelo técnico alemão Jurgen Klinsmann chegou à Barra Funda com segurança reforçada.

O esquema armado para proteger a seleção norte-americana, potencial alvo de ataques terroristas, envolveu policiais militares e federais, alguns fortemente armados. Integrantes da Rocam (Ronda ostensiva com apoio de motocicletas) participaram da operação, assim como uma viatura dos bombeiros.

Para completar, um helicóptero da Polícia Militar sobrevoou a área do CT da Barra Funda no momento em que a delegação norte-americana chegou. Coincidência ou não, havia uma blitz de trânsito montada alguns metros antes da entrada, na avenida Marquês de São Vicente.

Alguns integrantes da Polícia Federal chegaram a acompanhar parte do treinamento da seleção norte-americana das arquibancadas do CT da Barra Funda. O campo utilizado pelos Estados Unidos foi enfeitado com uma bandeira do país, posicionada ao lado dos pavilhões do Brasil e do São Paulo Futebol Clube.

Mesmo sem jogos programados para São Paulo na primeira fase da Copa, EUA se concentrarão na capital paulista (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

O técnico Jurgen Klinsmann, campeão mundial como jogador em 1990, decidiu trazer 26 jogadores para o período de aclimatação de 12 dias no Brasil, inclusive o astro Landon Donovan, do Los Angeles Galaxy. Na quinta-feira, há um jogo treino programado diante do São Paulo.

Os Estados Unidos integram o Grupo G da Copa do Mundo-2014 ao lado de Alemanha, Portugal e Gana. No primeiro jogo, programado para o próximo dia 16 de junho, o time comandado pelo ex-centroavante encara a equipe africana, no Estádio das Dunas.

Depois de enfrentar Gana em Natal, os norte-americanos pegam Portugal na Arena Amazônia (22 de junho) e enceram a participação na primeira fase diante da Alemanha, em Pernambuco (26 de junho). Como escolheram São Paulo como base, serão obrigados a percorrer grandes distâncias.