Hamilton aproveita erro da Red Bull e vence pela 1ª vez no ano na F-1

Com o triunfo neste domingo, o inglês passa o finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari, e assume a vice-liderança do Mundial

Comentar
Compartilhar
29 MAI 2016Por Folhapress12h00
Hamilton contou com sorte, estratégia e habilidade para vencer em MônacoHamilton contou com sorte, estratégia e habilidade para vencer em MônacoFoto: AFP

Atual bicampeão da F-1, o inglês Lewis Hamilton, da Mercedes, aproveitou um erro da Red Bull e venceu o GP de Mônaco neste domingo (29).

O australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull, largou na pole, com chuva, e tinha grandes chances de ganhar, mas foi vítima de uma trapalhada da sua equipe.

Ricciardo liderava a prova quando entrou nos boxes na 32ª volta para colocar pneus secos. Porém, os mecânicos não estavam preparados para a parada e tiveram que correr para buscar os pneus corretos. Com isso, o australiano perdeu muito tempo e foi ultrapassado por Hamilton, que não perdeu mais a ponta.

Esta foi a primeira vitória do inglês nesta temporada. Ricciardo chegou em segundo. O mexicano Sergio Perez, da Force India, completou o pódio.

O brasileiro Felipe Massa, da Williams, ficou em décimo, enquanto Felipe Nasr, da Sauber, não completou a prova.

Nasr deixou a corrida após ser tocado pelo companheiro de equipe, o sueco Marcus Ericsson.

Com o triunfo neste domingo, Hamilton passa o finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari, e assume a vice-liderança do Mundial de pilotos, com 82 pontos.

A liderança continua com o alemão Nico Rosberg, da Mercedes, sétimo colocado em Mônaco e que tem 106 pontos.