Fagner pede time humilde e ignora previsões para o Brasileiro

O lateral assegurou que o time vai recuperar os pontos perdidos frente à Chape na partida do domingo, às 16h (de Brasília), contra o Vitória, na Fonte Nova

Comentar
Compartilhar
17 MAI 2017Por Gazeta Press19h00
Defensor pediu que o time trabalhe com calma para ser colocado entre os favoritosDefensor pediu que o time trabalhe com calma para ser colocado entre os favoritosFoto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

O lateral direito Fagner se diz já escolado quando ouve que o Corinthians está atrás de outros concorrentes na lista de favoritos ao título do Campeonato Brasileiro. Um dos nomes que mais se incomodou ao ouvir que o Alvinegro era a “quarta força” do Campeonato Paulista, o defensor “pediu” que as análises continuassem descartando o Timão como um dos possíveis campeões.

“Ser favorito ou não, não importa muito, o mais importante é ter humildade e pé no chão. Trabalhar como no Campeonato Paulista. A gente teve um grande exemplo de que com trabalho podemos ir longe”, começou o jogador, que deu uma “alfinetada” naqueles que ainda consideram o clube do Parque São Jorge um time abaixo de rivais como Palmeiras, Flamengo e Atlético-MG.

“A melhor coisa que temos a fazer é isso: deixar o pessoal de fora falar, porque a gente sabe que faz um grande jogo está tudo bem e empata já não está tudo bem”, avaliou o camisa 23, confiante na capacidade do elenco em utilizar o tamanho do clube para ganhar força durante a temporada.

“Aqui no Corinthians as proporções são muito grandes. Temos de saber afastar isso de dentro do campo para fazer grandes jogo e chegar longe na competição”, informou o lateral, assegurando que o time vai recuperar os pontos perdidos frente à Chape na partida do domingo, às 16h (de Brasília), contra o Vitória, na Fonte Nova.

“A gente sabe da importância de fazer pontos fora de casa na disputa do Campeonato Brasileiro, então nós vamos usar essa semana boa para trabalhar, recuperar todos e conseguir fazer um grande jogo lá em Salvador no final de semana”, concluiu o atleta da Seleção Brasileira.