SEDUC

Enderson promete chance a todos e Valencia já vive expectativa de estrear

Neste domingo, diante da Portuguesa, será a vez de Lucas Otávio ganhar uma oportunidade iniciando a partida

Comentar
Compartilhar
21 FEV 201510h35

A concorrência pela vaga deixada por Alison no time titular do Santos se tornou a principal ‘dor de cabeça’ de Enderson Moreira para escalar o time. Titular absoluto e incontestável no clube, o camisa 5 não tem previsão de retorno ao gramados em função de uma lesão no joelho direito e abriu uma brecha na equipe.

"A questão é bem clara para mim. Eu não vou fazer testes. O que eu tenho colocado na cabeça é que vou dar oportunidade para todos. Eu só posso avaliar um atleta se ele tem condição de participar do jogo. Os treinamentos servem de parâmetro, observamos, ficamos atentos aos atletas que estão crescendo, mas o jogo é o parâmetro maior, porque não tem o aspecto só físico, técnico, tático, mas emocional também", avisou, enfaticamente, Enderson Moreira.

Leandrinho atuou ao lado de Renato na vitória por 1 a 0 contra o São Bernardo, na última rodada. Neste domingo, diante da Portuguesa, será a vez de Lucas Otávio ganhar uma oportunidade iniciando a partida. Sobre a adaptação do jogador, o técnico minimizou a falta de entrosamento e refutou a ideia de função fixa.

"Não podemos ter essa questão de primeiro ou segundo. Temos de ter dois volantes que possam criar também. Isso se estende ao nosso sistema ofensivo, que eles possam ajudar na marcação e criar jogadas. Os jogadores têm de estar atentos por que todos participam das criações de jogadas", explicou, avisando que vai procurar o jogador ideal para entrar no time sem mexer na estrutura da equipe ou improvisar algum atleta.

Querendo versatilidade na equipe, Enderson Moreira promete dar chances a todos os atletas (Foto: Ivan Storti)

"Eu não gosto muito de adaptação. Faço quando é necessário, quando tenho algum tipo de dificuldade Mas, na verdade, vamos utilizar os jogadores nas posições que rendem mais".

Diante disso, cresce a expectativa para a estreia de Valencia. Ex-Atlético-PR e Fluminense, o colombiano foi contratado pelo Peixe durante a pré-temporada, mas chegou acima do peso e só agora terá condições de mostrar seu valor no alvinegro praiano.

"Já tem condições e deve, provavelmente, participar", admitiu Enderson, ao ser questionado sobre a possibilidade de aproveitar Valencia neste domingo, contra a Lusa.

“Depois de um mês buscando aprimorar minha forma física, eu poderei estrear pelo Santos. Espero agarrar essa oportunidade e não soltar mais. Quando você veste essa camisa, vem todo o peso da história junto com ela. Esse é o clube que Pelé atuou, então, já dá para ter uma noção da responsabilidade de fazer parte de uma instituição assim. Será, ao mesmo tempo, um prazer e um desafio na minha carreira”, falou o jogador, que não disputou a Copa do Mundo por seu país devido a uma lesão sofrida já perto do Mundial do Brasil.