Desfalque há mais de um mês, Ricardo Oliveira volta a treinar no gramado

Recuperado de uma pneumonia, o camisa 9 participou de trabalhos leves, nesta terça-feira, no CT Rei Pelé. Ele, porém, só deve ficar à disposição em cerca de dez dias

Comentar
Compartilhar
04 JUL 2017Por Diário do Litoral19h49
O último jogo de Ricardo Oliveira foi na derrota para o Corinthians, no começo de junhoO último jogo de Ricardo Oliveira foi na derrota para o Corinthians, no começo de junhoFoto: Divulgação/Santos FC

Ausência no Santos há mais de um mês, o centroavante Ricardo Oliveira voltou a treinar no gramado do CT Rei Pelé, nesta terça-feira. Ele, porém, não viajou com o elenco para o duelo contra o Atlético-PR, pelo jogo de ida das oitavas de final da Libertadores, e só deve ficar à disposição em cerca de dez dias.

Por conta do longo tempo fora dos gramados, o camisa 9 ainda precisa readquirir a melhor forma física para ser novamente opção no time titular. Na atividade desta terça, ele fez trabalhos físicos leves e contou com a companhia do zagueiro Luiz Felipe, que se recupera de uma lesão no joelho.

O último jogo de Oliveira foi na derrota para o Corinthians, no dia 03 de junho, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Na ocasião, o atleta sentiu uma lesão no tornozelo esquerdo e ficou longe dos trabalhos com bola por cerca de duas semanas.

Após se recuperar do problema, Ricardo Oliveira foi acometido por uma forte gripe, que resultou em quadro de febre e, por fim, pneumonia (infecção pulmonar). Seguindo as prescrições médicas, o jogador reagiu bem ao tratamento e no início desta semana foi liberado para voltar a trabalhar.

Durante a ausência do principal atacante, o Peixe vem atuando com Kayke no comando ofensivo. Para o duelo contra o Atlético-PR, nesta quarta-feira, na Vila Capanema, ele será novamente titular.