Criticado, Damião diz que cada santista tem que "ser homem" agora

Após o mau desempenho e o mau resultado, ele fez um apelo ao grupo alvinegro na luta pelo título do Campeonato Paulista no próximo domingo

Comentar
Compartilhar
07 ABR 201411h13

Leandro Damião não teve uma boa atuação na derrota por 1 a 0 do Santos para o Ituano, no último domingo, e não contou com grande paciência da torcida. Após o mau desempenho e o mau resultado, ele fez um apelo ao grupo alvinegro na luta pelo título do Campeonato Paulista no próximo domingo.

“Todo o mundo tem ser homem agora para dar a volta por cima. Fizemos gols em todos os jogos e não fizemos agora, mas vamos trabalhar bastante para conquistar esse troféu”, afirmou o centroavante, autor de cinco gols em 12 partidas na competição estadual.

O Santos é dono do melhor ataque do Paulista, com 46 bolas na rede. Antes da derrota para o Ituano, a equipe de Oswaldo de Oliveira só não havia marcado no empate sem gols com o São Paulo. O problema é que o Ituano só foi vazado dez vezes nas 18 partidas que fez.

“A equipe deles joga fechadinha mesmo, é a característica deles. A gente já sabia que seria assim, não tem jeito. O jeito é tentar melhorar para o segundo jogo. A gente tentou bastante, mas eles estavam fechados, não conseguimos entrar na defesa”, comentou o atacante Geuvânio.

Leandro Damião e os demais jogadores do Santos terão de fazer mais do que no primeiro jogo da decisão (Foto: Divulgação/SFC)

A criatividade será necessária na segunda partida da final, marcada para o próximo domingo, no Pacaembu. O Santos precisa ganhar por ao menos dois gols de diferença para celebrar ao fim dos 90 minutos. Vitória por um gol leva a decisão do troféu para os pênaltis.