Economia paulista encolhe 1% em fevereiro, diz a Fundação Seade

Na passagem de janeiro para fevereiro, em São Paulo, apenas a agropecuária registrou crescimento, de 2,7%. Por outro lado, a indústria caiu 0,5% e os serviços, 1,6%

Comentar
Compartilhar
24 ABR 201516h07

A economia do Estado de São Paulo registrou retração em fevereiro, ao cair 1,0% na comparação com janeiro, na série com ajuste sazonal, após ter crescido 0,2% no primeiro mês do ano em relação a dezembro de 2014. De acordo com o PIB Mensal da Fundação Seade, na comparação com fevereiro de 2014 a queda foi de 5,9% e, nos 12 meses até fevereiro, a contração da economia paulista ficou em 3,2%.

Na passagem de janeiro para fevereiro, em São Paulo, apenas a agropecuária registrou crescimento, de 2,7%. Por outro lado, a indústria caiu 0,5% e os serviços, 1,6%. Na base de comparação interanual, a agropecuária avançou 8,9%, enquanto a indústria registrou retração da mesma ordem, 8,9%, e os serviços recuaram 4,0%.

A economia do Estado de São Paulo registrou retração em fevereiro, ao cair 1,0% na comparação com janeiro (Foto: Agência Brasil)

Em nota, a Fundação Seade destaca que o desempenho da economia paulista tem sido influenciado pelo cenário econômico desfavorável à indústria. "A economia do Estado caracteriza-se por ser mais industrializada e integrada ao mercado interno - representa cerca de um terço do PIB do país, sendo fortemente dependente das diretrizes nacionais de política econômica", diz a Fundação.