‘Colo de Açúcar’ estreia hoje no Teatro Guarany

A doce relação de amor entre um avô e sua neta conduz a história de Antônio, em ‘Colo de Açúcar’, que estreia hoje à noite, às 20 horas, no Teatro Guarany, em Santos

Comentar
Compartilhar
25 MAR 201112h42

O espetáculo também celebra os 50 anos de carreira do ator santista Silvio Roupa, que dá corpo, voz e alma ao protagonista. Haverá sessão também neste domingo, às 19 horas. O espetáculo, da também santista Andrea Came, mostra as várias fases da vida do personagem Antônio – um senhor que traz sabedoria, humor e uma visão bastante peculiar para o dia-a-dia de seu clã familiar.

Inspirada na vida da avó da autora, o texto foi se transformando até chegar às mãos de Silvio Roupa, ator com mais de 40 espetáculos em seu currículo e uma das figuras mais importantes do teatro santista. Silvio, 72 anos, foi companheiro de cena de Greghi Filho, Rosinha Mastrângelo e Patrícia Galvão.

Andrea afirma que não se trata de uma peça para a terceira idade, mas para quem convive com pessoas idosas. A sinergia de Andrea e Silvio promete um espetáculo de muita emoção, fruto de muito trabalho.

Entretanto, ambos lamentam a falta de interesse da iniciativa privada em patrocinar espetáculos e produções culturais regionais de um modo geral. Andrea destacou a dificuldade de se montar um espetáculo com poucos recursos. “Tem muita gente boa fazendo teatro, mas falta interesse da iniciativa privada. Não existe o interesse de fazer uma produção regional, contar a história do rádio, de Santos. Eles (empresários) não têm essa cultura”. Andrea disse que as grandes empresas preferem patrocinar gente de fora, produções de atores já consagrados.

Segundo Silvio, Santos sempre foi e ainda é um berço cultural, que revela grandes talentos no teatro, na música, nas artes plásticas, e que precisam ser valorizados. “Santos é um manancial de gente boa em todas as artes, e sempre foi uma comunidade relegada, talvez devido à proximidade com São Paulo, mas a cultura sempre batalhou muito em Santos para conseguir alguma coisa”.

Silvio lembrou que a construção do Teatro Municipal de Santos resultou da mobilização da classe artística. Mas, apesar das dificuldades, tanto Silvio quanto Andrea não perdem o ânimo e lutam para manter o teatro vivo no palco, sempre recomeçando um novo espetáculo. “A gente começa tudo de novo, correndo atrás de patrocínio, ouvindo não, mas o espetáculo sai”. O que move o ator Silvio Roupa e à atriz, produtora e autora teatral Andrea Came é a paixão pelo teatro - a arte de reinventar a vida na ficção com humor e sensibilidade.

Sinopse

‘Colo de Açúcar’ mostra a vida do personagem Antônio. Este senhor da “melhor idade” esbanja sua visão crítica sobre o mundo, mas, como o próprio título mostra, não perdeu (talvez nem venha a perder) sua apaixonante doçura. Assim, entre doces e alguma acidez o “seu” Antônio vai desvendando as possibilidades do mundo para a neta Cacau.

Elenco

O elenco traz a Companhia teatral ‘Os inadmissíveis’ que é formada por Silvio Roupa, Cristina Matos, Fátima Pinheiro, Rosaura Tucci e Guilherme Alvarez. A iluminação é de Reginaldo de Aguiar, a produção de Andrea Came e a direção é de Marcelo Duarte.

Serviço

Local: Teatro Guarany (Praça dos Andradas, 100, Centro Histórico de Santos).
Sessões: 26/03 (sábado) às 20h e dia 27/03 (domingo) às 19h.
Preço do ingresso: R$ 10. Classe artística, maiores de 60 anos, estudantes e professores da rede pública pagam meia-entrada.
Informações: (13) 3349-1928 e (13) 8139-8778.