Cotidiano

Temporal inunda cidades da Baixada e deixa VLT em Santos alagado

Em São Vicente, as ruas do Catiapoâ e a Rua Eronildes Menezes Pimentel ficaram inundadas.

Da Reportagem

Publicado em 17/04/2024 às 10:00

Atualizado em 19/04/2024 às 09:44

Comentar:

Compartilhe:

Três ônibus da linha intermunicipal ficaram presos em um ponto de alagamento na Avenida Castelo Branco, em São Vicente. / Reprodução/Redes Sociais

Nesta quarta-feira (17), chuva que atingiu a Baixada Santista deixou diversos pontos de alagamento nas cidades. Em Santos, as obras do VLT na Rua João Pessoa ficaram alagadas pela água.

Três ônibus da linha intermunicipal ficaram presos em um ponto de alagamento na Avenida Castelo Branco, em São Vicente.

A Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (Emtu) afirmou, em nota, que a linha 907 teve a operação impactada pela inundação na vida. Já a linha 944 realizou desvios no itinerário devido à alagamentos na Rua professor Doutor Mário de Góis Calmon de Brito, em Santos.

A empresa também esclareceu que as obras do VLT na Rua João Pessoa não foram impactadas pelas chuvas e continuam em execução normalmente.

Em São Vicente, as ruas do Catiapoâ e a Rua Eronildes Menezes Pimentel ficaram inundadas.

As ruas Dom Idílio José Soares e José Cascardi, em Cubatão ficaram debaixo d´água.

A Prefeitura de Santos afirmou que já não há mais pontos de alagamento na cidade.

A Prefeitura de São Vicente, em nota, informou que a Defesa Civil não foi acionada para nenhuma ocorrência, porém o acumulado de chuva foi de 102 mm e a cidade ficou em estado de observação.
A prefeitura afirmou que não está medindo esforços para amenizar os transtornos.

De acordo com a Administração Municipal, obras estão previstas no canal da Avenida Eduardo Souto e serão instaladas sete conjuntos de comportas para combate às enchentes. 

Além disso, uma empresa especializada contratada por São Vicente concluiu um Plano de Macrodrenagem que engloba intervenções de combate às enchentes. O estudo prevê a necessidade de 23 conjuntos de comportas. 

A Administração estima a necessidade de um investimento de R$ 800 milhões para as obras. A Prefeitura disse seguir em 'diálogo constante' com instituições financeiras e entes federativos.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Santos

Santos terá museu de artes plásticas com entrada gratuita; veja

A expectativa é que obras de Nuno Ramos, Jarbas Lopes e Sergio Romagnolo cheguem a cidade

Diário Mais

Artista usa inteligência artificial e emociona ao mostrar como estariam os Mamonas hoje

Grupo musical morreu em trágico acidente aéreo em 2 de março de 1996

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter