Servidores de São Vicente decidem deflagrar greve geral a partir de amanhã

A paralisação já havia sido decidida desde a última segunda-feira, quando a categoria rejeitou a mesma proposta e aguardava por um índice maior

Comentar
Compartilhar
26 FEV 201521h06

Os servidores municipais de São Vicente decidiram, na noite desta quinta-feira (26), em assembleia na sede do sindicato, entrar em greve a partir de amanhã (27), por tempo indeterminado. Eles querem aumento salarial de 15%., mas o Executivo não elevou a proposta anterior de 7%.

A paralisação já havia sido decidida desde a última segunda-feira, quando a categoria rejeitou a mesma proposta e aguardava por um índice maior.

Na oportunidade, foi marcada a data da greve para esta sexta-feira, seguindo o que determina a Lei de Greve, que obriga o sindicato comunicar o patrão, com antecedência de 72 horas, o movimento grevista.

Ao confirmar a greve, e por envolver trabalho essencial para a população, os servidores terão que manter efetivo de 30% para atender aos serviços emergenciais.

A categoria tem nova assembleia marcada para amanhã, às 10 horas, na sede do sindicato.

Servidores rejeitaram proposta da Prefeitura de São Vicente (Foto: Arquivo/DL)