X
Cotidiano

Semana da Cultura Caiçara celebra a pluralidade em Santos

O objetivo é apresentar aos participantes a história da cultura e do modo de vida caiçara

A música e a poesia marcaram a abertura da 5ª Semana da Cultura Caiçara / Divulgação/PMS

A música e a poesia marcaram a abertura da 5ª Semana da Cultura Caiçara, realizada quinta-feira (15), na Pinacoteca Benedicto Calixto. O som inconfundível da rabeca, a suavidade do sax e força da voz do hip-hop deram o tom do programa da primeira noite do evento, que será realizado em diversos pontos da Cidade até o próximo dia 23.

"A semana vai exaltar a nossa ancestralidade e nossa pluralidade, tendo em vista que os caiçaras vivem do sul da cidade de Paraty (RJ) até o norte do estado do Paraná. Todos esses lugares reúnem um conjunto de saberes que passaram de geração em geração e merecem ser preservados", declarou o curador da semana, Marcio Barreto.

Sob o tema a Pluralidade, o evento com várias atrações gratuitas busca abrir um ciclo de debates sobre a cultura caiçara tradicional e a contemporânea, discutindo temas como autoidentificação, territorialidade, diversidade cultural e religiosa.

Exposições, oficinas, cinema, teatro, música, contação de histórias, gastronomia, atividades esportivas e ações ambientais fazem parte da extensa programação que valoriza os hábitos locais por meio de seus artistas e pesquisadores, suas linguagens e ressignificações sobre a cultura caiçara e a nossa história.

A Semana da Cultura Caiçara de Santos, amparada pela Lei Municipal n° 2920/2014, é uma realização da Prefeitura em conjunto com os coletivos Percutindo Mundos e Caiçara.

Confira a programação dos próximos dias

Sábado (17)

Estação Valongo (Largo Marquês de Monte Alegre, 2, Valongo)

10h às 17h - Feira de Artesanato Caruartes

Produtos artesanais de Caruara

Ponta da Praia

10h – Remada Caiçara

Em sua 4ª edição, a tradicional Remada Caiçara é uma atividade aberta a todos os interessados. Para participar é necessário levar canoa, caiaque ou stand up. Com organização da Associação Canoa Caiçara, a concentração será às 9 horas, no Setor Náutico, em frente ao Aquário de Santos, e a saída às 10 horas com destino à praia do Góes, no Sítio Caiçara. O objetivo é apresentar aos participantes a história da cultura e do modo de vida caiçara.

Praia do Góes

11h – Projeto Guapuruvu

Encontro do Projeto Guapuruvu 2037, liderado por Eduardo Tambor, que contará com mutirão para semeadura de guapuruvu, árvore própria para o feitio de canoas caiçaras.

12h – Oficina de Culinária Caiçara

Uma deliciosa aula prática sobre a rica culinária caiçara. Com Marina Machado

14h – Almoço Colaborativo

16h – Dança na Mata

Intervenção artística com improvisação coletiva

17h – Sarau Caiçara

Com artistas convidados e palco aberto à participação do público, o Sarau propõe um diálogo de continuidade e reflexão entre o ancestral e o contemporâneo, para celebrar a cultura caiçara

18h – Festa É Góis!

Com música, dança e intervenções a festa propõe o encontro de pessoas e ideias em contato com a Mata Atlântica, com o mar, com a terra, com a ancestralidade e o experimentalismo. Com o coletivo Percutindo Mundos, Futuráfrica Afrobraziliangrooves, Poetas da Maré, Carrossel de Baco, Nêio Mustafa, Natt Maat, Andréia Passos e Cassio Fernandes.

Fonte do Sapo (Orla da Praia da Aparecida)

19h – Coletivo Manifesta!

Música, teatro e literatura

Domingo (18)

Estação Valongo

10h às 17h - Feira de Artesanato Caruartes

Produtos artesanais de Caruara

Rua de Lazer

10h – Cortejo 'Somos todos Caiçaras'

Da Avenida Ana Costa até a Concha Acústica, um cortejo caiçara com muita música, dança, circo e teatro

Fonte do Sapo

10h30 – Mar

Intervenção artística

Monte Serrat

11h – Lendas Caiçaras

Estação Cidadania

18h – Sarau Itinerante

19h – O Turismo Caiçara

Com o tema 'Identidade e Território', o encontro discute a importância da identidade caiçara para o turismo regional através de temas como turismo de base comunitária, territorialidade e memória, o impacto da especulação imobiliária e das reservas ecológicas sobre o modo de vida caiçara, as novas perspectivas para o turismo. Com Ingrid Furlan e Celio Nori.

Arte no Dique (Av. Brigadeiro Faria Lima, 1349, Radio Clube)

19h – Banda Querô e Projeto Santo de Casa

Segunda-feira (19)

UME Rural Monte Cabrão (Rodovia Piaçaguera/Guarujá, Km 33, Monte Cabrão)

10h e 14h – Escola Caiçara

Bate-papo, teatro e contação de histórias sobre cultura caiçara

Estação da Cidadania

18h – Museu Caiçara

A Cultura Caiçara e a aplicação na Arquitetura e Urbanismo. Com Bianca Lopes

19h – Restaurando a história caiçara

Bate-papo com o restaurador Leonardo Branco sobre a importância da conservação da história caiçara através de seu patrimônio material

20h – Direito Caiçara

Debate abordando temas como direito das comunidades tradicionais caiçaras, aspectos fundiários, as questões ligadas às unidades de proteção ambiental e a legislação sobre suas datas comemorativas. Com a juíza de direito Fernanda Menna, o escritor e advogado Paulo Stanich. Mediação de Eduardo Lima

Terça-feira (20)

UME Pedro Crescente (Av. Brg. Faria Lima, s/nº, Radio Clube)

10h e 14h – Escola Caiçara

Bate-papo, teatro e contação de histórias sobre cultura caiçara

Estação Cidadania

19h – Oficina de literatura com o escritor Flávio Viegas Amoreira

Quarta-feira (21)

UME Prof.ª Maria Luiza Alonso Silva (Pça Engenheiro José Rebouças, s/nº, Ponta da Praia)

10h e 14h – Escola Caiçara

Bate-papo, teatro e contação de histórias sobre cultura caiçara

Rádio Silva – Unifesp (R. Silva Jardim, 136, Vila Mathias)

18h30 – O Caiçara

Programa especial da Rádio Silva – Unifesp sobre a cultura caiçara de Santos

Pinacoteca Benedito Calixto

19h – Oficina de literatura com o escritor Flávio Viegas Amoreira

Quinta-feira (22)

Cecom Morro Santa Maria (R. Um, 70, Morro Santa Maria)

9h – Territórios e sentimentos

A valorização da memória e do presente através da redescoberta do território e da identidade caiçara, uma viagem em seus costumes, crenças e festas. Roda de conversa, música, literatura e passeio pela cultura que nasce do conhecimento e tradições de um povo.

13h – Batalha do Conhecimento "Eu sou Caiçara"

Uma batalha de rimas improvisadas entre músicos a partir de temas relacionados à cultura caiçara escolhidos pelo público. Com Syro Damassaclan, Zion, Brunão Mente Sagaz e DJ Lufer.

Sexta-feira (23)

UME Rural Ilha Diana

9h – Escola Caiçara

Bate-papo, teatro e contação de histórias sobre cultura caiçara

Museu da Imagem e do Som de Santos

21h – Sleep Mode

Intervenção artística

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Santos

Encosta de morro santista recebe cortina de concreto para contenção

O Morro do Fontana, em Santos, está passando por obras de contenção, para sanar os problemas provocados pelo deslizamento de terra durante as fortes chuvas do ano passado

Polícia

Receita Federal faz cinco apreensões de cocaína em menos de 48 horas no Porto de Santos

As apreensões totalizaram 681 kg e ocorreram nos dias 25 e 26 de novembro

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software