São Vicente terá unidade do Poupatempo ainda este ano

Técnicos da Secretaria de Gestão Pública do Estado vistoriaram o prédio do Mercado Municipal para saber se é possível instalar a unidade no local

Comentar
Compartilhar
02 ABR 201410h39

São Vicente poderá inaugurar ainda este ano uma unidade do Poupatempo. O prefeito Luis Claudio Bili recebeu ontem o secretário-adjunto de Gestão Pública do Estado de São Paulo, Rogério Barreto, e técnicos da pasta, para discutir a instalação do Poupatempo na Cidade. A reunião também contou com a participação do presidente da Codesavi (Companhia de Desenvolvimento de São Vicente), Ivo Oshiro, e de técnicos da Secretaria do Comércio.

A autorização foi dada pelo governador Geraldo Alckmin durante visita às obras do VLT (Veículo Leve Sobre Trilhos), no último sábado.

A ideia é instalar o Poupatempo no Mercado Municipal. “Isso vai desenvolver aquela região”, afirmou Bili. Após a reunião, os técnicos da Secretaria de Gestão Pública do Estado realizaram uma vistoria no prédio do século 18, localizado na Praça João Pessoa, 58, no Centro, para saber se é possível instalar a unidade no local.  Se for viável, segundo o secretário adjunto da pasta, Rogério Barreto, será elaborado um projeto preliminar indicando as obras necessárias que será encaminhado à Prefeitura para a realização dos serviços.

O secretário-adjunto lembrou que a unidade vai oferecer os mesmos serviços do Poupatempo de Santos e, também, um posto da Ciretran.(Circunscrição Regional de Trânsito). Barreto garante que a segunda unidade da Baixada Santista será instalada neste ano.

Mercado Municipal deve abrigar Poupatempo, no Centro da Cidade (Foto: Divulgação/PMSV)