X
Cotidiano

Santos ganha unidade de pesquisa do Pescado

O governo estadual realizou a adequação da estrutura ligada à Unidade Laboratorial de Referência em Tecnologia do Pescado do IP para atender as demandas do setor

Equipamento funcionará na sede do Instituto de Pesca, instaldo na Avenida Bartolomeu de Gusmão, 192, na Ponta da Praia / Nair Bueno/DL

Com o objetivo de impulsionar a pesquisa com foco na industrialização do pescado, o Instituto de Pesca (IP-APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, inaugura hoje a Unidade de Beneficiamento de Pescado do Centro Avançado de Pesquisa do Pescado Marinho em Santos.

O governo estadual realizou a adequação da estrutura ligada à Unidade Laboratorial de Referência em Tecnologia do Pescado (ULRTP) do IP para atender as demandas do setor produtivo e encontrar soluções, a partir de pesquisas, para o crescimento do consumo de produtos oriundos da pesca e da aquicultura.

De acordo com a pesquisadora Érika Fabiane Furlan, diretora da ULRTP, a adequação estrutural foi necessária para o atendimento às exigências para a obtenção do registro junto ao Serviço de Inspeção de Produtos de Origem Animal do Estado de São Paulo (SISP), já que um estabelecimento para manipulação e industrialização de produtos de origem animal necessita de tal registro em um órgão federal, estadual ou municipal. No Estado de São Paulo, o SISP está vinculado à Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento.

Testes de mercado

A obtenção do SISP viabilizará a realização de testes de mercado com lotes produzidos experimentalmente no Instituto de Pesca antes do investimento pesado por parte da indústria em uma nova linha de produção.

De acordo com Érika, os estudos de mercado, escassos no Brasil, são essenciais para conhecer o ­público-alvo, os concorrentes, a disposição do consumidor na aquisição do produto novo e os principais segmentos do nicho de mercado, o que possibilita ao empresário criar estratégias de ação para o seu negócio.

Outro ponto destacado pela pesquisadora do IP é que a aquisição dos equipamentos necessários poderá ser realizada por meio de parcerias com indústrias, que terão sua marca evidenciada nas visitas técnicas, cursos e treinamentos que o Instituto de Pesca oferece anualmente. Um resultado deste tipo de parceria é a doação pela empresa São Rafael de uma câmara para produtos congelados, que dará suporte à estocagem em temperaturas abaixo de -18°C para produtos e lotes industrializados na nova estrutura de ­processamento.

Além da Unidade de Beneficiamento, a ULRTP conta com um laboratório de análises físico-químicas, cozinha experimental e cabines para análises sensoriais. (Rafaella Martinez)

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

EMPREGOS

PAT de Praia Grande está com novas oportunidades

Necessário ter experiência, mais de 18 anos e cadastro na unidade

SANTOS

Estudantes vencem mostra científica do Butantan com trabalho sobre dignidade menstrual

Dois trabalhos desenvolvidos nas escolas municipais conquistaram o primeiro e segundo lugares na I Mostra Científica do Instituto

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software