X
Cotidiano

Rodoviária de São Vicente muda de local no próximo dia 15

Equipamento estava desde abril de 2016 em espaço improvisado no Mercado Municipal de São Vicente

O novo terminal rodoviário passa a funcionar no prédio do Teatro Municipal, no bairro Bitaru / Nair Bueno/DL

Depois de mais de dois anos em espaço improvisado no Mercado Municipal de São Vicente, a Rodoviária finalmente vai mudar de endereço. A partir do dia 15 de dezembro, o equipamento passa a funcionar no prédio do Teatro Municipal - que nunca funcionou ­efetivamente.

Quem entra ou sai do município terá agora um saguão de espera com ­capacidade entre 120 e 150 pessoas. A Rodoviária Municipal terá sete baias para ônibus interestaduais. O ­terminal receberá ainda transporte ­intermunicipal.

“O Mercado Municipal será fechado para pensarmos um novo projeto para o local”, comentou o prefeito Pedro Gouvêa, em entrevista coletiva realizada na manhã de ontem.

A Guarda Civil Municipal e o Canil também serão transferidos para o espaço.

Centro de Convenções

O antigo Centro de Convenções também começa a receber os novos equipamentos da Prefeitura. Agora, o local funcionará como Centro Administrativo, recebendo a Polícia Militar, seis ou sete Secretarias e um terminal de transporte ­municipal.

“Com a mudança das secretarias vamos devolver imóveis, economizando o aluguel. Além disso, a Polícia Militar e a Guarda Civil Municipal vão aumentar a segurança dos munícipes”, afirmou Gouvêa.

Dinheiro devolvido

Ainda durante a coletiva, o presidente da Câmara, vereador Wilson Cardoso, devolveu ao prefeito Pedro Gouvêa um cheque de R$ 3,5 milhões.

O valor é referente à economia feita pelo Legislativo.

“Esse dinheiro será utilizado para o pagamento do 13º salário dos servidores”, comentou Cardoso. De acordo com ele, ainda há a possibilidade de devolver mais dinheiro.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Santos discute queda de Carille em reunião nesta segunda

Dois PMs morrem com suspeita de febre maculosa durante curso

Vítimas eram instrutores da COPC, que teve uma fase de curso em área de mata. Casos seguem em análise pela Fiocruz

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software