Recuperação do Túnel da Vila Zilda será concluída em seis meses

As obras estão orçadas em R$ 2,2 milhões e serão custeadas com recursos do DADE

Comentar
Compartilhar
18 JAN 201311h41

O túnel Juscelino Kubitschek, também conhecido como Túnel da Vila Zilda, em Guarujá, deverá ser entregue totalmente reformado em dezembro antes do início da temporada de verão. O projeto das obras de recuperação do túnel foi apresentado na noite de ontem para moradores daquela região, na quadra da Escola de Samba Mocidade São Miguel, na Vila Júlia, pelo secretário municipal de Infraestrutura e Desenvolvimento Urbano, Duino Verri Fernandes.

O túnel é uma importante ligação para quem chega ao Guarujá pela Rodovia Cônego Domênico Rangoni (ex-Piaçaguera) e se dirige à região da Enseada. De acordo com o secretário, as obras contratadas demandam um orçamento de R$ 2.238.494,96 e a previsão de conclusão é de seis meses.

Os trabalhos já começaram e são executados pela Terracom Engenharia, vencedora da licitação. Duino disse ainda que as obras estão sendo custeadas com recursos do Fundo do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias (DADE).

A reforma prevê implantação de ciclovia e nova passagem para pedestres com rampas de acesso para portadores de necessidades especiais, troca total de iluminação, recapeamento da via e sinalização vertical e de solo.

As obras do túnel serão extensivas à Avenida da Saudade (continuação da pista no lado que sai à Vila Júlia), no caminho para a Enseada. Ao longo de seus 3.600 metros (até o cruzamento com a Avenida Dom Pedro I), a via também será asfaltada, ganhará ciclofaixa, nova iluminação e novo projeto paisagístico.

Duino destacou que o novo sistema de iluminação deverá promover maior segurança na região, apontada como sendo uma das mais inseguras do Município devido à uma área chamada por moradores locais de cracôlandia e por assaltos freqüentes. “A iluminação dessa área aumentará e muito a segurança no local”, afirmou o secretário.

Durante a apresentação do projeto, o secretário exibiu fotos apontando o estado de deterioração do túnel com infiltrações e fiação elétrica exposta, falta de acessibilidade, iluminação deficitária, circulação de ciclistas no leito carroçável correndo risco de atropelamento, entre outras deficiências do túnel e do entorno.

Horário de interdição

O túnel permanecerá interditado todas as noites das 19 às 5 horas para a execução das obras, sendo liberado depois para o tráfego de veículos.