SEDUC

Primeira-dama de SV tem cargo na Assembleia

Valéria Rodrigues Lins da Silva, presidente do Fundo Social, trabalha em escritório político do deputado Luciano Batista

Comentar
Compartilhar
20 FEV 201511h13

Em qualquer cidade da região e do País, dirigir o Fundo Social de Solidariedade não deve ser uma tarefa fácil, pois demanda o atendimento da camada mais vulnerável da população. No entanto, a primeira-dama de São Vicente, Valéria Rodrigues Lins da Silva – esposa do prefeito Luis Cláudio Bili (PP) – consegue ser paralelamente assessora especial parlamentar do deputado Luciano Batista (PSB), cujo mandato termina mês que vem.

A Reportagem descobriu a dupla função por intermédio das redes sociais e confirmou a atividade ‘extra’ no próprio site da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp). Além de Valéria, o nobre deputado abriga em seu gabinete a esposa do ex-chefe de Gabinete do prefeito Fabiano Scudeli, Sheila Daiane Mascarenhas Scudeli, que exerce o cargo de assessora técnica parlamentar.

Na Assembleia, o salário de ambas é razoável. A primeira recebe R$ 11.849,48 e a segunda R$ 10.683,95, conforme tabela de cargos e salários de 2014 da Alesp. Ao procurá-las no Gabinete do deputado, em São Paulo, a Reportagem ouviu de uma funcionária, num primeiro momento, que não as conhecia. Cerca de 10 minutos depois, alegando um equívoco, a mesma funcionária informou que Valéria e Sheila são lotadas no escritório político do deputado, em São Vicente.

Valéria Lins  se divide entre o Fundo Social e o escritório político de Luciano Batista (PSB) em São Vicente (Foto: Matheus Tagé/DL)

A Reportagem ligou ontem no Fundo Social de Solidariedade de São Vicente e obteve, por volta das 15h30, informação que Valéria Lins não se encontrava e que não havia estado no local na parte da manhã. Ainda segundo informado, para falar com a primeira dama é necessário deixar nome e telefone, que são incluídos em uma agenda de atendimento.

Cerca de uma hora depois (16h20), a Reportagem tentou localizá-las no escritório político do deputado, que fica na Avenida Presidente Wilson, 1.473, mas ambas não estavam. Segundo informado por telefone, o escritório possui 40 funcionários e as duas estariam acompanhando o deputado em São Paulo (Capital).

Prefeitura

A Prefeitura de São Vicente informa que a esposa do prefeito, Valéria Lins, preside o Fundo Social de Solidariedade de São Vicente na condição de voluntária. Portanto, sem qualquer vencimento, cumprindo expediente diário no local. A Administração não informou o horário.

Em sua gestão foram implantados três projetos sociais (Escola de Moda, Escola de Beleza e Padaria Artesanal), todos eles promovendo a qualificação de mulheres da comunidade, proporcionando atividades posteriores de geração de renda para as famílias. Nesse período, cerca de 430 pessoas foram beneficiadas pelos programas.

Conforme apurado, a Alesp tem 423 vagas de assessor especial parlamentar, mas só 344 estão ocupadas, sobrando 79 vagas. Já para o cargo de assessor técnico parlamentar são 94 vagas, sendo 50 ocupadas. Ainda 44 vagas estão em aberto.