Prefeitura de Santos amplia informação ao munícipe no Programa Dados Abertos

No total, são 586 dados, organizados por 17 secretarias e três autarquias, por eixos do Plano de Metas do Município e do Cidades Sustentáveis

Comentar
Compartilhar
12 JUL 2019Por Da Reportagem21h15
Segundo o ouvidor Rivaldo Santos, o histórico dos dados podem demonstrar a evolução do serviço públicoFoto: Divulgação/PMS

Com o objetivo de ampliar ainda mais a transparência, participação social e inovação na administração pública, a  Prefeitura de Santos disponibiliza ao cidadão, no sistema Dados Abertos do Portal da Transparência, os dados municipais de 2018 dos programas Cidades Sustentáveis e Cidade Aberta.

No total, são 586 dados, organizados por 17 secretarias e três autarquias (CET, Cohab e Fupes), por eixos do Plano de Metas do Município e do Cidades Sustentáveis, cada um deles relacionados às bandeiras da ODS (Objetivo do Desenvolvimento Sustentável).

Os ODS são uma agenda mundial adotada durante a Cúpula das Nações Unidas (ONU) sobre o Desenvolvimento Sustentável em setembro de 2015, composta por 17 objetivos e 169 metas a serem atingidos até 2030.

Segundo o ouvidor Rivaldo Santos, o histórico dos dados podem demonstrar a evolução do serviço público. "Com o Dados Abertos, ampliamos a transparência dos atos públicos, disponibilizamos para os munícipes um acesso fácil e amistoso às informações, para que possam consultar dados da administração municipal, monitorando em tempo real suas ações e intervindo na tomada da decisão administrativa".

PROGRAMAS

O programa Cidades Sustentáveis trabalha com uma metodologia padronizada de indicadores, que permitem avaliar o andamento das administrações. Em 2014, Santos foi um dos 12 municípios brasileiros que receberam o prêmio Cidades Sustentáveis, em cerimônia na Câmara dos Deputados, em Brasília, com o portal Cidade Aberta, com uma série de dados e indicadores sociais, políticos e econômicos.

Este ano, a Cidade está concorrendo com três projetos: Caravana das Oportunidades, Vilas Criativas e Santos Acessível, critério de julgamento tem o  objetivo de diminuir as desigualdades sociais.

Colunas

Contraponto