Prefeitura de Itanhaém antecipa limpeza de rios e previne enchentes

Os serviços consistem na retirada de lixo, mato e entulho no rio, com auxílio de uma escavadeira e uma draga

Comentar
Compartilhar
28 NOV 201321h23

Prevendo o início do período de fortes chuvas na região do Litoral Sul, a Prefeitura de Itanhaém antecipou os trabalhos de manutenção e desassoreamento dos rios que cortam a Cidade e também a limpeza das vias públicas. Este ano, novamente os trabalhos foram antecipados, começando em maio pelos rios Bicudo e Cavuçu e se estenderam pelos rios do Poço, Campininha e Montevideo.

Os serviços consistem na retirada de lixo, mato e entulho no rio, com auxílio de uma escavadeira e uma draga. Com estes serviços, os rios têm uma capacidade maior de volume fluvial e também ganharão velocidade na vazão das águas pluviais.

Itanhaém é cortada por diversos rios, em muitos na área urbana da Cidade, como o Rio do Poço, que tem 14 km de extensão e corta bairros residenciais como o Belas Artes, Cibratel, Bopiranga, Jamaica e Gaivota. O Município tem um relevo natural que prejudica o escoamento das águas pluviais, pois, além da Cidade ser totalmente plana, todos os rios deságuam apenas em um único ponto: o Rio Itanhaém.

Apesar disso, no último final de semana (dias 23 e 24), fortes chuvas caíram constantemente em Itanhaém, porém não foram registrados casos de enchentes e desabrigados. Desde março de 2011 a Cidade não registra grandes enchentes.

Itanhaém tem um relevo natural que prejudica o escoamento das águas pluviais (Foto: Divulgação/PMI)

Bairro a bairro

Outra preocupação da Prefeitura é quanto à limpeza das vias públicas. No Programa Bairro a Bairro, que leva diversos serviços públicos para as regiões da Cidade, trabalhos de manutenção das ruas estão sendo feitos para não prejudicar o escoamento, como a limpeza de caixas e galerias de águas pluviais, colocação de tampas, roçada e conservação de vias públicas não pavimentadas e retirada de entulho, além da manutenção constante da varrição das vias públicas.

Uma das ações importantes é a fiscalização em torno do cumprimento da Lei Municipal 3.585, que estabelece a proibição da colocação desse tipo de material em vias ou logradouros públicos, sem um acondicionamento adequado, como entulho de obras, restos de podas de árvores e móveis velhos e usados.

O acúmulo de materiais inservíveis nas ruas gera diversos problemas à população, como inundações das ruas, devido ao entupimento das redes de drenagem. Um panfleto com orientações sobre a lei foi distribuído para a população e uma central de reclamações e denúncias foi montada, por meio do telefone (13) 3421-1676.

A Prefeitura de Itanhaém também está implantando 64 contentores de lixo, dispostos em pontos considerados estratégicos na Cidade, na região da orla, entre o Centro e Gaivota, e em locais próximos de pontos comerciais que produzem grandes volumes de lixo, inclusive no Centro Histórico.