Paulo Alexandre Barbosa pode ser o novo presidente do Condesb

A informação é do prefeito de Itanhaém, Marco Aurélio Gomes, em entrevista exclusiva ao Diário do Litoral. Novo comandante do conselho deve ser escolhido dia 25

Comentar
Compartilhar
11 FEV 201512h48

O prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa (PSDB), pode ser o próximo presidente do Conselho de Desenvolvimento da Baixada Santista (Condesb). A informação é do prefeito de Itanhaém, Marco Aurélio Gomes, que deve passar o bastão no próximo dia 25. “Ainda não tem nada certo, mas ele colocou o nome à disposição. Não sei como estão os trâmites, mas acredito que seja ele”, explica Gomes, em entrevista exclusiva ao Diário do Litoral.

No ano passado, o prefeito de Itanhaém também assumiu a cadeira de presidente do Condesb no dia 25 de fevereiro, sucedendo outra prefeita do Litoral Sul, Ana Preto, de Peruíbe. Na época, Gomes já defendia a união de esforços pela metropolização. Por isso, orgulha-se em dizer que conseguiu concluir o Plano de Desenvolvimento Metropolitano da Baixada Santista durante a sua gestão. “Esta foi uma conquista importante para balizar os investimentos para a Região de forma integrada, com metas a serem alcançadas até 2030 em áreas como mobilidade urbana e saneamento básico. Foi um esforço dos nove prefeitos”, explica.

E este esforço também foi necessário para que a Baixada fosse incluída no PAC Mobilidade, outra conquista de sua gestão. “Pela regra geral, não poderíamos participar. O PAC abrange regiões com mais de 700 mil habitantes. Mas considerando a população flutuante que recebemos todo fim de semana, conseguimos pleitear nosso ingresso no programa. Desta forma, a presidente Dilma anunciou vários investimentos para a Região em evento no Teatro Guarany, no ano passado”, lembra.

Para o próximo presidente, Gomes deixa a missão de comandar o Plano Decenal de Saúde, que iniciou os trabalhos em outubro do ano passado. O trabalho — que tem prazo de 12 meses — visa envolver o Governo Federal, Estadual e os municípios e, a partir daí, se formariam grupos de trabalhos com temas específicos como leitos de UTI, equipamentos de saúde na Região, a saúde no Porto de Santos e outros.

O prefeito Marco Aurélio Gomes assumiu a presidência do Condesb em fevereiro do ano passado (Foto: Matheus Tagé/DL)

‘Itanhaém é um canteiro de obras’, diz Marco Aurélio

A saúde é a principal pauta deste ano em Itanhaém, segundo Marco Aurélio Gomes. Por isso, muitas obras estão acontecendo na Cidade. Até abril, por exemplo, o prefeito deve inaugurar a primeira das quatro Unidades de Saúde da Família (USF) que serão entregues este ano. Os bairros Loty, Centro, Grandesp e Jardim América serão os beneficiados.

Além disso, também deve ser entregue a ampliação do Hospital Regional. “Foram R$ 60 milhões investidos para triplicar a capacidade do hospital, que poderá atender todo o Litoral Sul e parte da Região. Esta parte deve ser entregue entre agosto e setembro. Após começará a reforma da parte antiga”, explica.

O Governo do Estado entregará ainda este ano o novo prédio do Hospital Regional de Itanhaém, que contará com um Pronto Socorro Referenciado como base de apoio à Unidade de Pronto Atendimento.

Segundo Gomes, muitas outras obras devem iniciar ou ser entregues ainda este ano: implantação do Centro de Convenções, entrega do Anfiteatro Municipal, obras de pavimentação e infraestrutura nos bairros, construção de escola municipal de Itanhaém no bairro Gaivota, construção da Praça da Juventude no bairro Oásis, entrega de 1.284 unidades habitacionais no Guapurá e 90 no Oásis, obras de urbanização da Nova Cabuçu (avenida Cabuçu) e nova orla do Centro.