Oficinas Culturais do Estado abrem as inscrições para o primeiro trimestre de 2014

Serão oferecidas 8.736 mil vagas para 275 atividades de formação e difusão gratuitas na capital e interior do Estado

Comentar
Compartilhar
26 DEZ 201312h35

No dia 7 de janeiro de 2014 as Oficinas Culturais – unidades da Secretaria de Estado da Cultura, gerenciadas pela POIESIS Instituto de Apoio à Cultura, à Língua e à Literatura – abrem as inscrições para programação do primeiro trimestre de 2014 em todo o Estado de São Paulo. Serão oferecidas 275 atividades de formação e difusão e 8.736 vagas para oficinas, palestras, shows, entre outras. Na data, a programação completa estará disponível no site www.oficinasculturais.org.br.

Depois de quase três décadas de implantação, o programa Oficinas Culturais do Estado de São Paulo passou por uma revisão e atualização em sua estrutura para que se torne, cada vez mais, um projeto instigante, provocador, criativo, inovador e plural. Após participar do Edital de Convocação e ser selecionada pela Secretaria da Cultura, a POIESIS assinou novo contrato de gestão para gerenciar o programa por mais quatro anos e meio.

A nova proposta técnica define essas mudanças. Além de preservar e aperfeiçoar o que é a principal característica das Oficinas, qual seja, a sua vasta gama de programação nas mais diversas linguagens para os mais variados públicos, passa também a oferecer outras possibilidades em outros programas específicos, listados a seguir, que têm por objetivo ampliar seu público, agregar diferentes conteúdos e extrovertê-los em novos meios.

A nova estrutura das Oficinas terá os seguintes Programas: Programas das Ações de Formação; Programas das Ações de Articulação; Programas das Ações Virtuais; Programa de Qualificação em Artes: Teatro e Dança.

 Serão oferecidas 275 atividades de formação e difusão e 8.736 vagas para oficinas, palestras, shows, entre outras (Foto: Reprodução/Site Oficinas Culturais)

Programação do primeiro trimestre de 2014:

Oficina Cultural Pagu

Um dos destaques da programação da Oficina Cultural Pagu é o Workshop: Desenvolvimento de Olhar e a Crítica Cinematográfica, que acontecerá nos sábados 22 e 29 de março. A coordenação da atividade é do jornalista e crítico de cinema Celso Sabadin que espera despertar olhos, ouvidos e percepção do participante para a obra cinematográfica. Como ver um filme com outros olhos? O que perceber? Como perceber? Como interpretar? Como extrair o máximo da experiência cinematográfica e aproveitar a vivência na elaboração de uma crítica cinematográfica?

Outro destaque é o projeto Caia na Folia com a Pagu - “Momentos de recordação, criatividade e celebração do reinado de Momo”. Este Projeto Especial foi criado para uma maior integração da nova sede da Oficina Cultural Pagu com o bairro do Campo Grande em Santos. Serão atividades que valorizam as folias carnavalescas de rua e envolvem os apreciadores com oficinas de máscaras, confecção de cabeções e bonecões, fotografia e exposição de carnaval, e finaliza com a saída em desfile da banda do bloco tradicional Bando do Corisco, que homenageará a jornalista Patrícia Galvão, a Pagu, em plena Rua Espírito Santo onde está localizada a sede da unidade.