OAB Subseção Santos realiza ato pela paz

Ordem dos Advogados do Brasil pediu apoio estadual para a criação da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP)

Comentar
Compartilhar
12 FEV 201511h21

“Paz com Justiça – 15 minutos pela paz”. Com esse lema, a Ordem dos Advogados do Brasil - OAB Subseção Santos realizou ato, ontem, em frente à sua sede, na Praça José Bonifácio. A atividade, que reuniu cerca de 100 pessoas, dá início a uma campanha permanente de combate à violência promovida pela entidade.

“Vamos distribuir material em locais de grande circulação de público e também promover palestras. A data não foi escolhida à toa. É dia de jogo e a violência nos estádios tem se manifestado crescente. O mundo está muito agressivo e as pessoas não podem encarar com muita naturalidade essa situação”, disse Maria Lucia de Almeida Robalo, vice-presidente da OAB-Santos.

Maria Lucia ressaltou que a entidade realiza estudos sobre o comportamento nas redes sociais da internet. “Existe uma comissão composta por advogados, psicólogos, sociólogos e jornalistas que discute a responsabilidade na divulgação das informações”, disse. O grupo de trabalho é denominado “Emoção, informação e justiça: grupos e as redes sociais”.

Durante o evento, os participantes fizeram uma oração e, ao final, soltaram balões brancos. A atividade contou com o apoio dos presidentes das Subseções regionais, AATS (Associação dos Advogados Trabalhistas) e AAS (Associação dos Advogados de Santos).

Ato foi encerrado com a soltura de balões de gás brancos em frente à sede da Subseção da OAB Santos (Foto: Divulgação)

DHPP

Diante dos frequentes casos de homicídios e criminalidade na Baixada Santista, a OAB Santos pediu apoio formal do Governo do Estado para a criação do DHPP (Divisão de Homicídios e Proteção À Pessoa) em Santos.

“Com o índice de criminalidade em Santos e como defensores da sociedade, estamos requerendo o apoio dos demais municípios e instituições para ser criada esta divisão especializada. Temos que nos unir em prol à coletividade”, disse o presidente da OAB Santos, Rodrigo Julião.