Números de roubos e furtos continuam subindo em Santos

Além de ter o maior número de ocorrências policiais da Região, Santos foi a única cidade que teve maior número de ocorrências no mês de abril deste ano

Comentar
Compartilhar
07 JUN 201422h08

A cidade de Santos segue no topo do nível de insegurança da Região. De janeiro a abril deste ano, a cidade registrou 6.316 ocorrências de todas as naturezas (homicídios, lesões corporais, estupros, roubos, furtos, etc.). A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo divulgou os números de ocorrência do mês de abril no final de maio.

A cidade mais populosa da Região é seguida por Praia Grande, que registrou 5.220 ocorrências no mesmo período deste ano. A terceira com maior número de ocorrências é Guarujá, com 4.312 registros entre janeiro e abril de 2014.

São Vicente chegou perto: foram 4.286 ocorrências registradas nos quatro primeiros meses deste ano.

Apesar da sensação de insegurança, que sempre está entre as principais preocupações da população da Região, os números de abril caíram em algumas cidades. No início do ano, os números só subiam, conforme relatado em uma série de matérias do Diário do Litoral.

Para o mês de abril de 2014, a reportagem levantou os números de roubos e furtos, incluindo de veículos. Em Bertioga, por exemplo, foram registradas 134 ocorrências em abril. Em relação ao mesmo mês em 2013, houve um aumento: 103 registros. Já em relação ao mês anterior houve uma queda, março de 2014, foram 207 ocorrências registradas.

A cidade de Santos segue no topo do nível de insegurança da Região (Foto: Luiz Torres/DL)

Já em Cubatão, o número caiu tanto em relação ao mesmo período no ano passado, quanto em relação ao mês de março deste ano: em abril de 2014 foram 244 ocorrências de roubos e furtos registradas na Cidade; em abril de 2013 foram 294 registros da mesma natureza; e em março deste ano foram 400 ocorrências.

O mesmo aconteceu na cidade de Guarujá. Em abril deste ano foram 622 ocorrências de roubos e furtos registradas na Cidade. No mesmo período do ano passado, o número foi maior: 757 registros. Já no mês de março foram registradas 974 ocorrências.

Na Praia Grande, os números deste ano superam os do ano passado: em abril de 2014, foram registradas 876 ocorrências de roubos e furtos registradas na cidade; no mesmo período de 2013, foram 707 delitos. Já em relação ao mês anterior (março de 2014), foram 1.275 casos registrados.

Em Santos, os números só subiram. Em abril deste ano foram registradas 1.532 ocorrências de roubos e furtos. No mesmo período do ano passado, 1.454 casos foram registrados nos distritos policiais da cidade. Já no mês anterior, foram registradas 1.354 ocorrências da mesma natureza.

Ao contrário da cidade vizinha, em São Vicente, os números só caíram: em abril de 2014 foram 680 ocorrências de roubos e furtos registradas na Cidade; em abril de 2013 foram 885 registros da mesma natureza; e em março deste ano foram 1.002 ocorrências.


No Centro de Santos é possível ver maior policiamento em pontos estratégicos (Foto: Luiz Torres/DL)

Litoral Sul
Em Mongaguá, os números de abril de 2014 subiram em relação ao mesmo período no ano passado: foram 194 casos de roubos e furtos registrados contra 151 registros em 2013. Já em relação ao mês anterior, os números caíram: 310 casos foram registrados em março deste ano.

Os números também subiram em Itanhaém. Em abril deste ano, 306 ocorrências de roubos e furtos foram registradas. Já em abril de 2013 foram 276 registros. Em relação ao mês anterior, houve uma pequena queda: em março deste ano foram 338 registros da mesma natureza.

Em Peruíbe, os números de abril de 2014 diminuíram em relação ao ano passado e em relação ao mês de março: 204 casos registrados em abril deste ano contra 223 registros no mesmo período no ano passado. Já em março, os números foram de 344 registros de roubos e furtos na cidade.