Número de motoristas que dirigem embriagados cai no primeiro trimestre deste ano

Segundo dados da Operação Lei Seca, em 2015, dos 91.993 testes do etilômetro feitos, foram registrados 5.332 casos

Comentar
Compartilhar
15 ABR 201515h52

Os casos de motoristas que dirigem embriagados no Rio de Janeiro registraram queda no primeiro trimestre deste ano, na comparação com o mesmo período do ano passado. Segundo dados da Operação Lei Seca (OLS), em 2015, dos 91.993 testes do etilômetro feitos, foram registrados 5.332 casos que representaram 5,9%. Nos primeiros três meses de 2014,  em 84.642 abordagens foram flagrados 5.659 motoristas.

A operação fez o reboque de 3.381 carros e recolheu 4.800 carteiras de habilitação. No mesmo período foram identificados nove foragidos da Justiça e seis veículos roubados. Os fiscais apreenderam 11 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) falsas e cinco armas.

Para o coordenador da OLS, tenente-coronel Marco Andrade, o número de indivíduos alcoolizados diminui a cada ano. Ele acrescentou que a operação tem permitido a prisão de pessoas procuradas e apreensão de armas. “Embora nosso foco seja a fiscalização de trânsito e motoristas que dirigem embriagados, a presença da Operação Lei Seca, também, tem contribuído de forma indireta na investigação de casos relacionados à segurança pública.”

A OLS foi lançada em março de 2009 e já abordou aproximadamente 2 milhões de motoristas. Foram registrados 137.846 casos de motoristas embriagados, recuperados 107 veículos roubados, 123 foragidos foram identificados, 45 armas apreendidas e recolhidas 101 CNHs falsas.

A Operação Lei Seca já abordou aproximadamente 2 milhões de motoristas (Foto: Divulgação)