Nepal pede apoio financeiro internacional e UE anuncia ajuda de 20 mi de euros

O país é um dos mais pobres do mundo, e sua economia, baseada principalmente no turismo, ficou abalada depois do terremoto

Comentar
Compartilhar
04 MAI 201512h55

O ministro de Informação do Nepal, Minendra Rijal, disse nesta segunda-feira que o país irá precisar de uma imensa ajuda internacional nas próximas semanas para a reconstrução das áreas atingidas pelo maior terremoto da história em 80 anos. O número de mortos já passou de 7.200.

O Nepal é um dos países mais pobres do mundo, e sua economia, baseada principalmente no turismo, ficou abalada depois do terremoto.

Rijal disse que planos de reconstrução devem ser feitos em duas ou três semanas e "vamos precisar de enorme ajuda da comunidade internacional".

O ministro afirmou também que as equipes de resgate estrangeiras são bem-vindas no Nepal, dizendo que elas poderiam permanecer o tempo que precisassem.

Após o pedido de Rijal, a União Europeia (UE)anunciou 20 milhões de euros em ajuda financeira e de emergência ao Nepal.

"Assim que as avaliações de reconstrução forem concluídas, vamos analisar como podemos ajudar mais", disse o comissário da UE, Nevem Mímica.

A UE anunciou ajuda de 20 mi de euros ao Nepal (Foto: Associated Press)